Justin Gaethje reclama do UFC por ser preterido em disputa de cinturão e diz que pode enfrentar Charles do Bronx no Brasil

Lutador, terceiro colocado no ranking do peso leve, diz que UFC ofereceu combates 'apenas' contra Charles do Bronx, 13º na classificação e Dan Hooker, 7º na lista

J, Gaethje pode enfrentar Charles do Brasil. Foto: Reprodução / Facebook @ufc

Justin Gaethje é o terceiro colocado no ranking dos leves do UFC e esperava pela chance de disputar o cinturão da categoria em breve. Porém o norte-americano, famoso por sua resistência e por realizar batalhas francas, pode ter que fazer uma parada no Brasil antes de disputar o título. Isso porque, ele revelou que o Ultimate ofereceu uma luta contra o paulista Charles do Bronx, 13º na classificação, em território tupiniquim.

Veja Também

Dana White
Presidente do UFC revela a luta que gostaria de ter realizado e não conseguiu
Presidente do UFC garante que Dominick Reyes dará trabalho para Jon Jones: ‘Luta enorme’
Edson Barboza anuncia mudança do peso leve para a divisão de penas

Em entrevista ao programa MMA Tonight, Gaethje lamentou a atitude do UFC em relação a categoria. O lutador, que alega estar sendo preterido pela franquia, o problema começou quando ele recusou aceitar uma luta contra Tony Ferguson com pouco tempo de preparação.

“Quando Tony Ferguson lutou com Cowboy (Donald Cerrone), em junho, e eles estavam procurando um substituto para essa luta no final de maio. Eu disse a eles que não era tempo suficiente, mas se eles adiassem um pouco eu aceitaria essa luta, aí eles rejeitaram”, disse Justin antes de revelar as propostas de lutas apresentadas pela franquia. “Recentemente, eles me ofereceram Charles do Bronx, no Brasil, ou Dan Hooker na Nova Zelândia”, contou.

O campeão do peso leve Khabib Nurmagomedov está escalado para defender seu cinturão contra Tony Ferguson no dia 18 de abril, provavelmente no UFC 249 (a edição do evento ainda não é certa). E Gaethje gostaria de ser próximo da fila, entretanto, ele alega que o UFC planeja colocar Conor McGregor para fazer a revanche contra o russo, o deixando para segundo plano.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments