Joseph Benavidez espera disputa de cinturão emocionante contra Deiveson Figueiredo

Norte-americano, que enfrenta brasileiro em 29 de fevereiro, no UFC Norfolk, mostra respeito ao ‘Deus da Guerra’, mas espera conquistar título inédito na carreira

J. Benavidez em vitória pelo UFC. Foto: Reprodução/Instagram @joejitsu

Experiente no MMA e em grande fase na carreira, o norte-americano Joseph Benavidez está próximo de tentar, pela terceira vez, conquistar o sonho de se tornar campeão dos moscas (até 56,7kg.) do Ultimate. Com luta marcada contra Deiveson Figueiredo para 29 de fevereiro, no UFC Norfolk, o atleta espera um combate difícil contra o brasileiro, no entanto, conta com a vitória sobre o paraense. Em entrevista ao ‘Combate’, Benavidez falou sobre a expectativa para a disputa.

Saiba mais

Usman ignora McGregor e pede luta contra Masvidal: ‘Está evitando o confronto’
Empresário de Jones impõe condição para atleta migrar para os pesados: ‘Nos dê Brock Lesnar’
Alex Leko enfrenta Tristan Connelly em abril e tenta segunda vitória pelo UFC

“(Será) uma luta empolgante. Vai ser uma luta dura contra um adversário duro. Neste momento da minha carreira tudo que importa é ganhar a cada segundo. Agora, estou me preparando. Eu vejo milhões de caminhos na minha cabeça, mas o único caminho que eu tenho que fazer acontecer nessa noite sou eu vencendo e conquistando o cinturão”, afirmou o norte-americano.

O duelo entre Joseph e Deiveson foi confirmado após o Ultimate destituir Henry Cejudo. Campeão em duas divisões pela empresa, o norte-americano preciso abrir mão de um dos seus títulos para não ‘travar’ as categorias.

Muitos esperavam que Cejudo enfrentasse Benavidez, já que uma das duas derrotas do ‘Triplo C’ aconteceu justamente em um duelo contra Joseph, em duelo realizado em dezembro de 2016. Henry, no entanto, optou por seguir seu reinado na divisão dos galos (até 61,2kg.), onde ele considera que terá mais oportunidades de realizar grandes confrontos.

Ver o atual campeão abdicar do cinturão não frustro os planos de Benavidez de somar mais uma vitória sobre o antigo adversário. Pelo contrário. Joseph afirma que o confronto ainda pode acontecer, caso Cejudo não tenha sucesso em sua primeira defesa de título, que deve acontecer em 2020.

“Ele é o campeão dos galos, mas o negócio é que na divisão dos moscas eu já o havia vencido. Eu queria ter a chance de lutar pelo cinturão, e ele deixou a categoria. Eu bati o Cejudo, e ele optou por não tentar se vingar da derrota. A única maneira de eu ver isso (novo encontro contra Henry) acontecendo, e é a mais provável, é se ele perder o cinturão dos galos. Se ele não tiver mais o título, se ele perder o cinturão dos galos, ele quiser voltar e quiser ser minha primeira defesa de título, nós podemos fazer isso”, finalizou.

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário