Após desbancar Cigano, Blaydes pede para que Miocic ‘destrave’ divisão: ‘Tem que lutar’

Em grande fase no UFC, norte-americano pede que campeão retorne à ativa para dar oportunidade a novos talentos

C. Blaydes (foto) comemora vitória sobre J. Cigano. Foto: Reprodução / Facebook @ufc

Depois de derrotar Júnior Cigano no UFC Raleigh, Curtis Blaydes mandou um recado para o atual da categoria, Stipe Miocic. O norte-americano pede que o dono do cinturão volte a defender seu posto para ‘descongestionar’ a divisão dos pesados (até 120,2kg.). Em entrevista ao ‘The Ariel Helwani’s MMA Show’, o combatente ‘enquadrou’ o número um da categoria.

Veja Também

Campeão do Bellator, Rafael Lovato revela doença rara e confirma pausa na carreira
Invicto no Ultimate, Augusto Sakai enfrenta Blagoy Ivanov no UFC São Paulo
Campeã das moscas, Shevchenko mantém vivo sonho de trilogia com Amanda Nunes

“Sem desrespeitar ele (Stipe Miocic), o acho um lutador incrível, um cara bacana, mas estou no auge. Não tenho tempo para esperar os velhos absorverem os holofotes. Você precisa sair do caminho e dar espaço para o sangue novo chegando”, afirmou Blaydes.

Vindo de três vitórias consecutivas, Curtis, que não perde desde o revés sofrido para Francis Ngannou, em novembro de 2018, declarou que o campeão precisa retornar ao octógono para defender seu posto, já que não atua desde que retomou seu reinado, em agosto do ano passado.

“Depois que você passa pelo Derrick Lewis, a categoria dos pesados é bem nebulosa. Está tudo nas mãos de Stipe. Sei que ele tem essa lesão, e que vai ficar afastado por um tempo, mas seria ótimo se ele tomasse uma decisão. Tenho muito respeito pelo Stipe, treinamos juntos há um tempo, mas não o imaginava sendo o tipo de campeão que cria um impasse desses. Parece que ele está apenas absorvendo os holofotes, o que é direito dele por ser o campeão. Mas o campeão tem que lutar”, finalizou Curtis.

Após o duelo contra Daniel Cormier, Miocic acusou uma lesão no olho e afirmou que precisaria ficar um tempo fora de ação para poder realizar a recuperação completa. O campeão, no entanto, deu declarações de que gostaria de realizar uma superluta. O interesse inicial de Stipe era promover o duelo contra o astro do boxe, Tyson Fury.

Atualmente, Blaydes ocupa a terceira posição no ranking dos pesados. O atleta figura atrás apenas de Ngannou, Daniel Cormier e o próprio campeão.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário