‘Paraense Voador’ espera grande luta contra Diego Sanchez neste sábado

Responsável por entreter o público no combate co-principal do UFC Rio Rancho, Michel Pereira espera retomar o caminho das vitórias contra veterano da companhia

M. Pereira em vitória pelo UFC. Foto: Reprodução / Facebook @ufc

Conhecido pela maneira irreverente de realizar seus combates, Michel Pereira, o ‘Paraense Voador’, está de volta ao octógono neste sábado (15), quando enfrenta o veterano Diego Sanchez no UFC Rio Rancho. Contra um atleta de nome dentro da empresa, o brasileiro espera conquistar uma boa vitória para se recuperar da derrota sofrida em seu último compromisso. Em entrevista ao ‘Combate’, o atleta falou sobre a expectativa para o combate.

Veja Também

Ex-campeão do UFC, BJ Penn capota carro e é hospitalizado no Havaí
Depois de rever luta contra Reyes, Jon Jones reafirma que venceu disputa no UFC 247
UFC demite oito lutadores, incluindo os brasileiros Junior Albini e Kalindra Farias

“Pra mim, vai ser uma honra lutar com um cara como o Diego Sanchez. Eu cresci vendo ele lutar. É um grande nome do UFC. Estou muito feliz de lutar com ele, ainda mais no co-main event (luta co-principal). Sabia que o UFC logo iria me colocar contra os tops, porque sempre busquei lutar contra os melhores da categoria”, afirmou o brasileiro.

Pereira também comentou sobre a sensação de ser escalado para enfrentar um grande nome da organização. Para o brasileiro, seu estilo é compatível com o de Diego, o que pode proporcionar uma grande vitória em seu cartel.

“Quando soube que ia lutar com ele, fiquei muito feliz porque o meu jogo casa muito com o dele. Não vejo ele ganhando em nenhuma área. Fiquei bem feliz porque estou bem treinado, vou conseguir dar meu show e vou conseguir matar o jogo dele”, disparou.

Em sua última apresentação, Pereira foi bastante criticado por fãs de esporte e parte da imprensa especializada. Em luta válida pelo UFC Vancouver, o brasileiro encarou um adversário escolhido de última hora (Tristan Connelly) e acabou derrotado na decisão unânime dos juízes. O revés foi suficiente para gerar dúvidas sobre a capacidade de Pereira dentro do Ultimate.

“Sempre soube que quando eu perdesse iriam me criticar. É o mesmo caso do Anderson Silva. Ele foi o cara durante anos, e na primeira derrota todo mundo tacou o pau. Então é assim mesmo. Cada um tem sua opinião. Eu corrigi todos os erros que tive na minha luta passada para poder sair campeão e dar o show que o público quer ver. Eu estava muito bem treinado, muito bem focado. Mas a pessoa que era pra ir comigo na luta não deu conta de tirar o visto, então, eu tive que tirar o peso sozinho. E isso pra quem é atleta sabe o quanto é difícil tirar peso sozinho numa sauna sem ninguém pra ajudar. E foi essa questão do peso que me fez cansar no segundo round. Agora corrigi tudo, pra não ter problemas e não dar nada de errado”, finalizou o atleta.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments