Covington afirma que Masvidal vai fugir de luta contra Usman: ‘Pedirá muito dinheiro’

Ex-desafiante ao cinturão dos meio-médios sugere que atleta não pretende encarar campeão e prefere confronto contra Conor McGregor ou Nate Diaz

C. Covington (foto) afirma que J. Masvidal não enfrentará K. Usman. (Foto: Reprodução Twitter ColbyCovMMA)

O ex-desafiante ao cinturão dos meio-médios (até 77kg.), Colby Covington voltou a provocar o antigo amigo e companheiro de equipe, Jorge Masvidal. Segundo o norte-americano, Jorge, que tem acordo verbal para enfrentar o campeão Kamaru Usman, não pretende oficializar o confronto e prefere enfrentar Conor McGregor em seu próximo compromisso. A declaração foi feita ao ‘MMA Fighting’.

Veja Também

Mirando retorno, Thiago Marreta rejeita adversários fora do top 5: ‘Não vou dar um passo para atrás’
Diego Sanchez divulga suposta mensagem de apoio de Dana White após UFC Rio Rancho: ‘Fez o certo’
Diego Sanchez se manifesta após desistir de combate contra Michel Pereira: ‘Sabia que eu estava perdendo’

“Para ser sincero, vou reveler agora. Deixem as pessoas saberem. Deixe Dana (White) e todas as pessoas nessa entrevista saberem que o ‘Judas das Ruas’ (Jorge Masvidal) não vai enfrentar Kamaru Usman. Ele vai subir seu preço (para lutar)”, disse Colby.

O ‘falastrão’ explicou a informação dizendo que Masvidal pretende realizar um confronto que traria mais lucro para seu bolso. Segundo o norte-americano, Jorge tem a intenção de enfrentar Conor McGregor, que recentemente retornou ao octógono e atuou entre os meio-médios.

“Ele (Jorge) vai tentar e esperar para lutar contra Conor McGregor, o pequeno duende irlandês. (Masvidal) vai pensar que ele é mais valioso e vai esperar Conor McGregor ou até uma revanche contra Nate Diaz”, declarou Covington.

Pensando desta forma, Colby afirmou que pretende retornar ao octógono na ‘Semana Internacional da Luta’, em julho. Esta, no entanto, é a data que o próprio presidente do UFC, Dana White, confirmou que pretende realizar o confronto entre Masvidal e Usman pelo título linear da categoria.

Covington não luta desde o duro revés para Kamaru, em 14 de dezembro, pelo UFC 245. O atleta supostamente se recupera de uma fratura na mandíbula, lesão que o combatente nega.

 

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário