Mirando retorno, Thiago Marreta rejeita adversários fora do top 5: ‘Não vou dar um passo para atrás’

Brasileiro admite que cenário da divisão mudou desde que enfrentou Jon Jones, em julho do ano passado, mas afirma merecer um oponente mais qualificado

T. Marreta (foto) se recupera de cirurgias nos dois joelhos. Foto: Reprodução/Instagram @ufc

Embora ainda restem alguns meses para que Thiago Marreta retorne ao octógono, o atleta já está de olho no oponente para seu próximo compromisso pelo Ultimate. Responsável por impor a Jon Jones um dos maiores desafios de sua carreira, o atleta, no entanto, afirma que quer um oponente qualificado para o desafio, caso não seja dada a chance pela revanche contra o campeão. A declaração foi feita em entrevista ao ‘MMA Fighting’.

Veja Também

Diego Sanchez divulga suposta mensagem de apoio de Dana White após UFC Rio Rancho: ‘Fez o certo’
Diego Sanchez se manifesta após desistir de combate contra Michel Pereira: ‘Sabia que eu estava perdendo’
Raulian Paiva mostra alívio após primeira vitória pelo Ultimate: ‘Vou mostrar o quão bom eu sou’

“Eles querem me dar lutas que eu não quero. Eu nunca rejeitei um combate, independente de quem fosse. Mas eu mereci alguma coisa e não vou aceitar menos. Não vou dar um passo para trás. Eles querem me dar algo que representariam um retrocesso”, afirmou o brasileiro.

Sem lutar há mais de sete meses, o lutador da Cidade de Deus (RJ), que se recupera de duas cirurgias nos dois joelhos, afirmou que recebeu propostas de luta, mas não quis revelar o oponente, para não comprometer o oponente oferecido e nem a companhia.

“Não posso dizer o nome dele, porque poderia me trazer problemas, mas me ofereceram alguém que não está no top 10. Eu não acho justo enfrentar alguém fora do top 5 ou seis, ou alguém em ascensão. Fiquei muito chateado quando ofereceram alguém que vem de derrota. Me recusei a dar um passo atrás”, declarou Thiago.

Antes do UFC 247, realizado em fevereiro deste ano, Marreta era considerado um dos favoritos para enfrentar Jon Jones em revanche pelo título dos meio-pesados (até 93kg.). No entanto, após a grande performance de Dominick Reyes contra ‘Bones’, a situação da divisão parece ter mudado.

Em entrevista recente, Marreta afirmou que espera poder retornar ao octógono em junho deste ano. Em março, o combatente deve voltar a treinar normalmente.

 

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments