Após pedir dispensa, Edson Barboza tem luta marcada contra Josh Emmett no UFC Oklahoma

Brasileiro tem luta agendada pela orgazanização para 2 de maio poucos dias depois de pedir para deixar a empresa

E. Barboza atravessa má fase dentro do UFC. Foto:Reprodução/Instagram @edsonbarbozajr

Não será desta vez que Edson Barboza será visto calçando as luvas de outra organização. Após pedir dispensa do Ultimate, no início desta semana, o brasileiro teve um confronto agendado para 2 de maio, quando enfrenta Josh Emmett, em uma das lutas do UFC Oklahoma, nos Estados Unidos. A informação foi divulgada pelo ‘Combate’.

Veja Também

Como prevenção ao coronavírus, UFC Brasília acontece com portões fechados
Por coronavírus, Distrito Federal proíbe realização de eventos e UFC Brasília pode ser cancelado
Robert Whittaker enfrenta Darren Till no UFC Dublin, em agosto

Em má fase na orgainzação, o friburguense fará sua estreia na divisão dos penas (até 65,7kg.). Nos últimos anos, o atleta vinha atuando entre os leves, onde chegou a ser considerado um candidato a uma disputa de cinturão. O retrospecto recente de Barboza, no entanto, afastou o combatente do sonho do cinturão.

O brasileiro, hoje, soma quatro derrotas em suas últimas cinco apresentações. A migração para os penas aparece como uma possibilidade de o atleta poder ‘respirar tranquilo’ e seguir como um dos grandes nomes da companhia.

Contra Emmett, atual número nove da divisão reinada por Alexander Volkanovski, Edson terá o compromisso de interromper uma sequência de vitórias do norte-americano que dura duas apresentações. Josh não sabe o que é perder desde seu encontro com Jeremy Stephens, em fevereiro de 2018.

No card de maio, Barboza atingirá a marca de 29 apresentações na carreira. O brasileiro de 34 anos, hoje, soma 20 triunfos e oito reveses como profissional no MMA.

Emmett, de 35, tem 17 compromissos, com 15 vitórias e duas derrotas.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário