Em boa fase, Massaranduba desafia Kevin Lee e confirma saudade de aplicar nocaute

Vindo de duas vitórias consecutivas, brasileiro quer encarar um adversário ranqueado para tentar chegar à elite dos leves

F. Massaranduba pede luta contra K. Lee. Foto: VH Gonzaga

Em boa fase na carreira, Francisco Massaranduba tem grandes planos para seu próximo compromisso pelo Ultimate. Vindo de duas vitórias consecutivas, o peso leve (até 70,3kg.), que teve atuação segura na vitória sobre John Makdessi no UFC Brasília, realizado no último sábado (14), afirmou que pretende encarar um oponente bem ranqueado no seu próximo desafio e sugeriu Kevin Lee para dar o primeiro passo. A declaração foi feita em conversa com membros da imprensa após o espetáculo do final de semana.

Veja Também

Jon Jones ironiza nova derrota de Johnny Walker: ‘Se continuar lutando assim…’
Após vitórias no UFC Brasília, Charles do Bronx e Gilbert Durinho chegam ao top 10 de suas divisões
Treinador de Conor McGregor afirma que irlandês pode enfrentar Justin Gaethje em 11 de julho

“Quero lutar com os atletas mais bem colocados da categoria. Vou bater no Kevin Lee, luto com ele em qualquer lugar”, afirmou Francisco.

Desafiado por Massaranduba, o norte-americano foi um dos protagonistas do último card realizado pelo Ultimate antes da paralisação por conta do coronavírus. Na ocasião, Lee acabou finalizado por Charles do Bronx e o revés fez com que o atleta caísse duas posições no grupo, figurando, agora, em 10º lugar.

Além da vontade de atuar contra um oponente que de mair nome, Francisco afirmou outro desejo que vem lhe incomodando nos últimos desafios: a vontade de nocautear.

“Agora só falta o nocaute. Quero nocautear ou finalizar alguém. Estou indo atrás do nocaute, não ando para trás, vou buscar a luta. Vou conseguir chegar onde quero. E quero lutar contra alguém que queira lutar mesmo, não seja fujão. Dessa maneira vou dar show para o público e vão gostar. É meu estilo: ir para a briga”, disse o brasileiro.

Após ser declarado vencedor contra John, Massaranduba, ainda no octógono, reclamou que seu oponente estivesse ‘fugindo’ do confronto e não aceitando a trocação franca – característica que tornou Francisco famoso no MMA nacional.

Com oito nocautes em 25 resultados positivos no MMA, Francisco não conquista um triunfo por nocaute desde setembro de 2018, quando bateu Evan Dunham, no UFC São Paulo. Com isso, o brasileiro irá focado em encerrar a ‘seca’ para a próxima batalha.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments