Jon Jones ironiza nova derrota de Johnny Walker: ‘Se continuar lutando assim…’

Campeão dos meio-pesados repete provocação do brasileiro após sua baixa performance contra Dominick Reyes

J. Jones em coletiva pelo Ultimate. Foto: Reprodução/YouTube UFC

Quem com o ferro fere, com o ferro será ferido. Este ditado popular pode representar muito bem a uma provocação de Jon Jones feita a Johnny Walker após a derrota do brasileiro para Nikita Krylov no UFC Brasília, ocorrido em 14 de março, na capital federal. Na ocasião, o lutador de Belford Roxo (RJ), que já foi considerado um dos nomes que poderiam encerrar o reinado de ‘Bones’, acabou sofrendo o segundo revés consecutivo. Em função do incidente, o norte-americano adotou postura provocativa e ironizou a situação vivida por Walker, no ‘Twitter’.

Veja Também

Os melhores filmes de luta para assistir durante a quarentena
Dana White sugere Khabib x Ferguson na lua para não adiar UFC 249
Após participar do UFC Brasília, canadense Randa Markos entra em quarentena em prevenção ao coronavírus
Treinador de Conor McGregor afirma que irlandês pode enfrentar Justin Gaethje em 11 de julho

“Se Johnny Walker continuar lutando desta forma…vou deixar vocês terminarem a frase”, escreveu Jones.

A frase utilizada por Jon faz referência a uma publicação do brasileiro após a última apresentação do norte-americano, quando derrotou Dominck Reyes com uma atuação abaixo do esperado. Na ocasião, Walker questionou a performance do campeão e colocou sua hegemonia em cheque.

O resultado negativo diante de Krylov fez com que Johnny caísse uma posição no ranking dos meio-pesados (até 93kg.) e, figurasse, agora, na 11ª colocação. A derrota afasta momentaneamente o brasileiro de realizar o sonho de disputar o título da categoria, que hoje pertence a Jones.

O brasileiro conquistou status de grande lutador após um início arrasador na organização. Com três vitórias meteóricas em suas primeiras apresentações, não demorou muito para que Johnny caísse nas graças dos fãs e despontasse como grande nome na categoria de ‘Bones’.

A primeira queda, porém, aconteceu um ano depois de seu debute pela empresa. Contra Corey Anderson, no UFC 244, Walker conheceu, de forma dura, sua primeira derrota no Ultimate.

Nikita apenas comprovou o mau momento de Johnny e expôs as falhas no jogo do brasileiro, que foi dominado durante todo o confronto e saiu derrotado na decisão unânime dos juízes.

Depois do revés, o brasileiro afirmou que precisa treinar mais a parte de luta agarrada e prometeu voltar melhor para sua próxima apresentação.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments