Daniel Cormier acredita que Dana White vai fazer UFC 249 acontecer: ‘Não duvido dele’

Ex-campeão dos pesados afirma que presidente do Ultimate não vai poupar esforços para que evento não seja adiado por conta do coronavírus

D. Cormier em coletiva pelo UFC. Foto: Reprodução/YouTube MMAFightingonSBN

Em meio a pandemia do coronavírus, o fãs de MMA seguem com a incerteza se o UFC 249 vai acontecer na data prevista. O presidente da empresa, Dana White, afirmou que o espetáculo segue confirmado em 18 de abril e um dos principais nomes da organização, Daniel Cormier, ajudou a reforçar a ideia de que o card será mantido no dia. O peso pesado falou sobre o assunto em entrevista ao ‘MMA Fighting’.

Veja Também

Jon Jones é preso por uso de arma de fogo e dirigir embriagado
Anthony Johnson revela motivo que o fez desistir da aposentadoria
José Aldo mostra confiança para luta contra Henry Cejudo: ‘Venço de olhos fechados’

“Eu acredito que ele (Dana White) vai conseguir fazer o UFC 249. Não duvido dele. Quando ele visualiza algo, ele consegue fazer. Ele falou com a FOX e ESPN e as pessoas acharam que ele estava louco. Acho que a paixão dele levou o esporte no patamar que está hoje”, disse DC.

Cormier também comentou sobre seu entusiasmo para assistir a luta principal do evento, que marcará o encontro entre Khabib Nurmagomedov e Tony Ferguson em disputa pelo título dos leves (até 70,3kg.).

“Eu devo ser o único cara que quer essa luta mais do que o Dana White”, disse o ex-campeão dos pesados.

Amigo pessoal e companheiro de equipe de Khabib, Daniel falou sobre o quanto a disputa contra Tony é importante para o campeão. O confronto entre os dois já foi marcado em quatro diferentes ocasiões, mas, em todas elas, acabou cancelado por lesões.

“Eu conheço Khabib há muitos anos. Eu sei o quanto essa luta significa para ele. Ele quer enfrentar Tony Ferguson e derrotá-lo. Eu acho que ele está se preparando mais do que nunca para conquistar essa vitória. Tenho certeza que Tony pensa da mesma forma”, finalizou DC.

O UFC 249 inicialmente deveria acontecer em Nova York (EUA). No entanto, em função das medidas preventivas adotadas pelo governo local, o espetáculo acabou impedido de ser realizado na cidade. Agora, o Ultimate trabalha para encontrar um novo espaço para realizar a disputa. Há indícios de que o card seja transferido para fora dos Estados Unidos.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário