Justin Gaethje sobre paralisação do UFC: ‘Vamos passar por essa luta que estamos enfrentando agora’

Atleta, que substituiria Khabib Nurmagomedov no UFC 249, elogia Dana White e pede que pessoas se cuidem no momento da pandemia

J. Gaethje comenta paralisação do UFC por conta da pandemia do coronavírus. Foto: Reprodução/Instagram @justin_gaethje

Escalado de última hora para ser um dos protagonistas do UFC 249, que aconteceria em 18 de abril em uma reserva indígena na Califórnia (EUA), Justin Gaethje se manifestou pela primeira sobre a paralisação do Ultimate por tempo indeterminado. Em suas redes sociais, o norte-americano afirmou que seguirá sua preparação para a disputa do título dos leves (até 70,3kg.) e mostrou pés no chão sobre o momento atual vivido em uma das maiores crises de saúde da história.

Veja Também

Com estreia adiada pela terceira vez, Rodrigo ‘Zé Colmeia’ vive dilema sobre paralisação no UFC
Comentarista do Ultimate fala sobre alívio por cancelamento do UFC 249: ‘Me poupa reflexão’
Dana White confirma ‘Ilha da Luta’ e diz: ‘Deve ficar pronta em um mês’

“Eu realmente senti muita energia e apoio durante a promoção desta luta ao redor do mundo. Sou muito orgulhoso por representar Safford (sua cidade natal), o Arizona (estado), todos os meus grandes amigos e minha família. Vou continuar trabalhando duro para estar pronto quando a próxima oportunidade aparecer”, escreveu Justin.

O atleta, então, aproveitou para mandar uma mensagem de apoio para seus fãs, que vivem momentos de tensão em meio a tantas mortes relacionadas ao coronavírus e também aproveitou a oportunidade de agradecer a Dana White, que tentou manter o card de pé enquanto a possibilidade estava em suas mãos.

“Vamos passar por essa luta que estamos atravessando agora tendo um impacto positivo em nossas vizinhanças (família, vizinhos e comunidade). Obrigado a Dana White, que é uma pessoa que tenho orgulho de fazer negócios”, finalizou.

Gaethje foi o atleta escolhido para substituir o campeão da divisão, Khabib Nurmagomedov, quando o russo afirmou que estaria impossibilitado de viajar devido ao fechamento das fronteiras de seu país como medida preventiva à pandemia.

Pela frente, o atleta teria o desafio de encarar o temido Tony Ferguson, desafiante número um da categoria e que está invicto há 12 apresentações. Justin topou o desafio e já havia intensificado os treinamentos para trocar forças contra o compatriota.

Após a suspensão oficial do UFC 249 e das demais atividades, Dana White não confirmou se, quando retornarem os trabalhos, Gaethje continuará sendo o desafiante ao título interino, ou se o desafio entre Ferguson e Khabib voltará a encabeçar o card.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments