Colby Covington afirma que pode participar do WWE em 2021

Conhecido por promover bem seus combates, norte-americano quer se arriscar na ‘luta livre’, esporte de bastante prestígio nos Estados Unidos

C. Covington pode atuar no WWE em 2021. Foto: Reprodução/Facebook UFC

A fama de Colby Covington como atleta polêmico no MMA pode ser levada para outras arenas em 2021. O atleta confirmou que pode participar do WWE, grande empresa de entretenimento dos Estados Unidos, responsável por proporcionar combates de ‘luta livre’. Ex-campeão interino dos meio-médios (até 77kg.), o ‘falastrão’ falou com respeito sobre a modalidade e sinalizou sobre a possibilidade de participar de eventos da companhia em um futuro próximo.

Veja Também

Mesmo com luta cancelada, Tony Ferguson garante que vai bater peso na sexta-feira
Empresário admite que Yoel Romero poderia ter enfrentado Chris Weidman no UFC 250
Khabib prevê retorno em setembro, mas não é otimista sobre fim da pandemia

“Acho que posso participar em 2021. No próximo verão, sem ser neste. Eu venho praticado movimentos e e trabalhando na promoção e habilidades com o microfone. Estou controlando e diminuindo o ritmo para entender a arte do wrestling”, disse o ‘Caos’ em entrevista ao ‘MMA Fighting’.

Covington deixou claro que seus planos estão intimamente ligados com a possibilidade de faturar uma quantia considerável de dinheiro, já que a empresa é conhecida por pagar muito bem seus funcionários.

“Quero ter certeza que quando eu for para lá, vou fazer o maior esforço possível, porque não vou ficar aqui por muito tempo. Estou aqui para me divertir e ganhar dinheiro. Quando eu for para lá, quero que me tragam caminhões cheios de dinheiro”, afirmou o norte-americano.

Assim como ganhou notoriedade atuando no MMA, o atleta, agora, quer levar sua popularidade para novos campos. Segundo o combatente, ele é capaz de levar ao público o entretenimento necessário para um bom show.

“Todos sabem que faço bons negócios. Eu gero números e as pessoas querem me ver. As pessoas me odeiam e me amam, mas é tudo a mesma coisa no fim do dia”, finalizou.

Em dezembro, Colby foi responsável por uma das melhores lutas de MMA de 2019. Em combate contra Kamaru Usman, o norte-americano travou uma verdadeira batalha pelo cinturão linear dos meio-médios. O atleta acabou derrotado por nocaute no quinto round do UFC 245.

Caso o desejo do ex-campeão interino se confirme, o atleta seguirá os passos de outros campeões do Ultimate a se arriscarem no novo esporte. Ronda Rousey e Cain Velasquez são nomes que se testaram na luta livre e tiveram sucesso.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments