Com luta cancelada, Henry Cejudo agradece companheiros de treinos para o UFC 250

Norte-americano realizaria sua primeira defesa de cinturão em 9 de maio, inicialmente em São Paulo

H. Cejudo posa com os cinturões dos moscas e galos. Foto: Reprodução/Twitter @HenryCejudo

Um dos campeões com maior evidência no Ultimate, Henry Cejudo estava próximo de realizar sua primeira defesa de título na organização. Em 9 de maio, pelo UFC 250, o norte-americano enfrentaria José Aldo, pelo cinturão dos galos (até 61,2kg.). O evento acabou cancelado em função da pandemia do coronavírus (COVID-19). Sem compromisso marcado, o campeão, então, usou as redes sociais para agradecer à sua equipe pelo período de treinamento.

Veja Também

Colby Covington afirma que pode participar do WWE em 2021
Mesmo com luta cancelada, Tony Ferguson garante que vai bater peso na sexta-feira
Empresário admite que Yoel Romero poderia ter enfrentado Chris Weidman no UFC 250

“Quero agradecer a meus parceiros de treino e técnicos por essas últimas semanas de preparação. O ataque do GOAT (sigla que, em inglês, significa ‘o melhor de todos os tempos’) está oficialmente adiado. O GOAT se apresentará outro dia”, escreveu Cejudo.

A princípio, a luta principal do UFC 250 representaria o encontro entre o ‘Triplo C’ e o ‘Campeão do Povo’ em São Paulo. No entanto, corria nos bastidores do MMA a informação de que o card poderia ser transferido para os Estados Unidos, em função da pandemia.

Pensando que José poderia ter dificuldades para deixar o Brasil em uma eventual mudança de país para a realização do card, Cejudo agiu rápido e desafiou o ex-campeão da divisão, Dominick Cruz, para substituir Aldo, caso o manauara não pudesse, de fato, viajar.

A mudança de adversário não chegou a ser oficializada, uma vez que, na véspera do UFC 249, que aconteceria neste sábado, 18, o Ultimate acabou cedendo às pressões e decidiu paralisar suas atividades por tempo indeterminado.

Henry se tornou campeão dos galos em junho do ano passado, quando derrotou Marlon Moraes na luta principal do UFC 238. Na ocasião, os atletas trocaram forças para ocupar o cargo que foi deixado por TJ Dillashaw, que abdicou do cinturão após ser flagrado no exame antidoping, no início de 2019.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments