Daniel Cormier admite sonho de ser presidente do UFC no futuro

Ex-campeão dos pesados, norte-americano fala sobre identificação com a empresa, mas não se esquece de Dana White

D. Cormier admite sonho de ser presidente do UFC no futuro. Foto: Reprodução/Instagram @dc_mma

Com dois cinturões do Ultimate no currículo, Daniel Cormier é, atualmente, um dos atletas mais respeitados pela diretoria da organização. Aos 41 anos e ainda em atividade como peso pesado (até 120,2kg.), o atleta revelou que tem o sonho de se tornar presidente da empresa no futuro. Em entrevista ao ‘MMA Fighting’, DC falou sobre a ideia.

Veja Também

Com luta cancelada, Henry Cejudo agradece companheiros de treinos para o UFC 250
Colby Covington afirma que pode participar do WWE em 2021
Mesmo com luta cancelada, Tony Ferguson garante que vai bater peso na sexta-feira

“Eu acho que qualquer pessoa no mundo em sã consciência aceitaria o trabalho. Estar à frente de uma organização que faz grandes coisas em termos de entretenimento e, não só isso. Na ajuda à comunidade. Eu acho que as pessoas não percebem a influência que o UFC tem na comunidade”, disse o norte-americano.

Mesmo com o desejo, Daniel não se esqueceu do atual presidente da companhia, Dana White, com quem tem uma boa relação desde que trocou o Strikeforce pelo Ultimate e cresceu como profissional do MMA.

“Eu acho que se você tem a chance de estar em um trabalho como esse, seria loucura não querer a oportunidade. Mas Dana vai estar lá por um bom tempo. Ele é o cara”, afirmou DC.

Daniel, então, aproveitou para lembrar de sua trajetória desde que estreou pelo Ultimate, em abril de 2013. Contratado como grande promessa, o combatente precisou de quatro apresentações para sua primeira disputa de título, em 2015.

“Eu amo essa organização. Eu acho que desde que eu cheguei do Strikeforce, eu tive uma boa relação com as pessoas da companhia. Eu comecei a aprender. Eu realmente aprendi com a empresa e uma das mais importante é quanto tempo, energia e esforço o UFC coloca para ajudar os jovens”, finalizou o ex-campeão dos meio-pesados e pesados.

Atualmente, Cormier vive a expectativa de ganhar uma revanche contra Stipe Miocic, seu último algoz. Os dois se encontraram em agosto do ano passado, quando DC perdeu o posto de campeão para o compatriota. Daniel admite que o novo encontro com o rival pode ser o último embate de sua carreira nas artes marciais mistas.

Enquanto não tem a nova luta confirmada, Cormier divide seu tempo entre treinar na AKA (American Kickboxing Academy) e comentar lutas no UFC.

 

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments