Donald Trump pede volta dos esportes nos Estados Unidos e inclui UFC em lista

‘Cansado de assistir reprises de baseball’, presidente coloca Ultimate como parte importante para reestruturação econômica do país no momento da pandemia do coronavírus (COVID-19)

D. Trump (dir.) assiste ao UFC 245 ao lado de D. White (esq.). Foto: Reprodução/Instagram @danawhite

Se o que faltava era um pequeno empurrão para que o UFC retomasse os planos de voltar às suas atividades, a empresa ganhou um aliado de peso na disputa para realizar cards no momento de isolamento social em função do coronavírus (COVID-19). O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, em um pronunciamento realizado na última terça-feira (14), afirmou que as grandes organizações esportivas do país devem voltar ao seu calendário regular.

Veja Também

UFC planeja retomar atividades em 9 de maio com três disputas de cinturão, diz site
Amanda Ribas adota cautela, mas prevê disputa de cinturão em breve: ‘Preciso de mais lutas’
Cody Garbtrandt e Petr Yan criticam desafio de Cejudo a Dominick Cruz

Na lista de Trump, foram incluídas modalidades como a NBA (National Basketball Association), MLB (Major League Baseball), NFL (National Football League) e, claro, o UFC.

“Nós precisamos precisamos ter nossos esportes de volta. Estou cansado de assistir jogos de baseball de 14 anos atrás”, disse Donald.

Segundo o chefe de estado, o retorno das entidades esportivas serão de suma importância para a economia do país em tempos de uma das maiores crises de saúde da história humana. A fala de Trump, então, vai de encontro ao pensamento de Dana White, que, nas últimas semanas, trabalhou incansavelmente para manter seu calendário sem que as medidas preventivas o proibissem de promover espetáculos.

A notícia chega quase uma semana depois do ‘chefão’ do Ultimate confirmar a paralisação das atividades da sua empresa. Após o pronunciamento do presidente dos EUA, White deve voltar a traçar as estratégias para voltar à ativa o mais rápido possível.

Ainda na terça-feira, o ‘MMA Fighgint’ informou que a empresa estuda voltar em 9 de maio, com três disputas de cinturão. O local, no entanto, não está definido.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments