Israel Adesanya doa equipamentos para combater coronavírus na Nova Zelândia e Nigéria

Campeão dos médios entra na batalha contra a pandemia e busca ajudar agentes de saúde dos países em que viveu

I. Adesanya em vitória pelo Ultimate. Foto: Reprodução/Facebook UFC

O atual campeão dos médios (até 83,9kg.), Israel Adesanya, deu uma verdadeira lição de solidariedade na luta contra a pandemia do coronavírus (COVID-19). O atleta doou equipamentos de proteção para cidades situadas na Nova Zelândia e Nigéria, países onde o atleta tem raízes.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Segundo informações do ‘New Zeland Herald’, o combatente do UFC doou cerca de 10.000 máscaras e 1.000 óculos de proteção para os profissionais de saúde da cidade de Whanganu, na Nova Zelândia – local em que parte de sua família ainda reside.

Sem esquecer as origens, Adeanya também fez questão de auxiliar a equipe de Lagos, na Nigéria. O lutador promoveu a entrega de equipamentos de proteção individual aos médicos e enfermeiros que estão na linha de frente na batalha contra o coronavírus. Além de Lagos, as doações também aconteceram na cidade de Auckland (Nova Zelândia).

PUBLICIDADE:

Israel seguiu os passos de Conor McGregor, que tem sido uma personalidade presente na batalha contra a pandemia. Recentemente, o irlandês doou 1 milhão de euros (cerca de R$5 milhões de reais) para hospitais do país.

Adesanya se tornou campeão do Ultimate em outubro do ano passado, quando trocou forças contra o antigo número um, Robert Whittaker. Na ocasião, o nigeriano derrotou o rival por nocaute no segundo round.

PUBLICIDADE:

Em março, Israel realizou sua primeira defesa de título, quando encarou Yoel Romero na luta principal do UFC 248. Em uma luta bastante criticada pela falta de combatividade, o campeão saiu vencedor sobre o cubano na decisão unânime dos juízes.

PUBLICIDADE:

Podcast #40: José Aldo ainda pode ser campeão no UFC?

Comentários

Deixe um comentário