Israel Adesanya doa equipamentos para combater coronavírus na Nova Zelândia e Nigéria

Campeão dos médios entra na batalha contra a pandemia e busca ajudar agentes de saúde dos países em que viveu

I. Adesanya em vitória pelo Ultimate. Foto: Reprodução/Facebook UFC

O atual campeão dos médios (até 83,9kg.), Israel Adesanya, deu uma verdadeira lição de solidariedade na luta contra a pandemia do coronavírus (COVID-19). O atleta doou equipamentos de proteção para cidades situadas na Nova Zelândia e Nigéria, países onde o atleta tem raízes.

Veja Também

Kamaru Usman se diz pronto para lutar em 9 de maio, caso o UFC precise
Dana White admite gastar muito dinheiro para retomar calendário do UFC
Atletas do MMA se unem em vídeo sobre a conscientização da COVID-19

Segundo informações do ‘New Zeland Herald’, o combatente do UFC doou cerca de 10.000 máscaras e 1.000 óculos de proteção para os profissionais de saúde da cidade de Whanganu, na Nova Zelândia – local em que parte de sua família ainda reside.

Sem esquecer as origens, Adeanya também fez questão de auxiliar a equipe de Lagos, na Nigéria. O lutador promoveu a entrega de equipamentos de proteção individual aos médicos e enfermeiros que estão na linha de frente na batalha contra o coronavírus. Além de Lagos, as doações também aconteceram na cidade de Auckland (Nova Zelândia).

Israel seguiu os passos de Conor McGregor, que tem sido uma personalidade presente na batalha contra a pandemia. Recentemente, o irlandês doou 1 milhão de euros (cerca de R$5 milhões de reais) para hospitais do país.

Adesanya se tornou campeão do Ultimate em outubro do ano passado, quando trocou forças contra o antigo número um, Robert Whittaker. Na ocasião, o nigeriano derrotou o rival por nocaute no segundo round.

Em março, Israel realizou sua primeira defesa de título, quando encarou Yoel Romero na luta principal do UFC 248. Em uma luta bastante criticada pela falta de combatividade, o campeão saiu vencedor sobre o cubano na decisão unânime dos juízes.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments