Adesanya reforça desejo de enfrentar Jones: ‘Mesmo se ele perder o cinturão, estou indo’

Campeão dos médios volta a colocar lenha na fogueira sobre um possível compromisso contra ‘Bones’ no futuro

I. Adesanya em vitória pelo UFC . Foto: Reprodução / Facebook @ufc

O campeão dos médios (até 83,9kg.), Israel Adesanya, deu uma prova de que está realmente disposto a enfrentar o dono do cinturão dos meio-pesados (até 93kg.), Jon Jones, independente do cenário. O nigeriano, que vem trocando farpas com o norte-americano há algum tempo esclareceu que a ambição vai além de um título do Ultimate.

Veja Também

Treinador revela que lesão influenciou Amanda Nunes a deixar card de 9 de maio
Cris Cyborg narra momento de reflexão após derrota para Amanda Nunes
Ex-BBB, Marcelo Dourado revela sonho de enfrentar Do Bronx no jiu-jitsu: ‘Seria uma honra’

“Isso (o desafio) era algo que não estava na minha cabeça até que ele (Jon) disse meu nome e pensei: ‘Vamos ver do que se trata’. A luta é muito importante, mas eu não preciso dela. Meu treinador não quer essa luta. Ele prefere que eu enfrente alguém como Stipe (Miocic)”, disse Israel em entrevista ao ‘MMA Junkie’.

Após um desentendimento através das redes sociais, Adesanya e ‘Bones’, então, começaram a criar uma rivalidade e promover um confronto que sequer era cogitado pela diretoria do Ultimate. Os dois atletas já concordaram em trocar forças no octógono e, ao que depender de Israel, o combate irá acontecer, independente se Jon estiver no topo da divisão ou não.

“Isso não é importante para o meu legado, mas eu quero essa luta e eu vou conseguir,independente se ele for campeão ou não na época. Mesmo que ele perca o cinturão, estou chegando para derrotá-lo”, finalizou.

Tanto o norte-americano quanto o nigeriano já chegaram a lutar em 2020. Jones subiu ao octógono em fevereiro, quando realizou mais uma defesa de título ao vencer Dominick Reyes por pontos em um resultado muito contestado.

Adesanya também teve uma performance polêmica em sua apresentação. Contra Yoel Romero, Israel realizou sua primeira defesa de título. O nigeriano manteve o posto de número um, mas tanto ele quanto o cubano entregaram ao público um espetáculo bastante decepcionante.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments