Cormier cita Jon Jones ao pedir revanche contra Miocic: ‘Ele era melhor do que eu. Stipe, não’

Ex-campeão dos pesados pede que último algoz aceite o desafio e assine o contrato para a trilogia e ainda sugere o mês

D. Cormier posa com seu antigo cinturão do UFC. Foto: Reprodução/Instagram @dc_mma

Próximo de anunciar oficialmente o fim de sua carreira como atleta de MMA, Daniel Cormier ainda não desistiu de realizar a revanche contra Stipe Miocic. A última investida do ex-campeão dos pesados (até 120,2kg.) aconteceu em uma entrevista concedida à ‘ESPN’, em que DC pediu que o rival assine o contrato para que a trilogia, enfim, aconteça.

Veja Também

Jacaré revela tensão por lutar durante pandemia, mas afirma: ‘Prefiro trabalhar’
Amanda Nunes defende título das penas contra Felicia Spencer em 6 de junho, diz site
Pai de Khabib tem piora em quadro de saúde e é transferido para hospital de Moscou

“Vamos lá, campeão. Assine o contrato. O que você está fazendo? É loucura”, disse Daniel.

Cormier, porém, voltou a elogiar as ações de Miocic, que, quando não está lutando, atua como bombeiro no condado de Cuyahoga, no estado de Ohio (EUA). Daniel afirmou que respeita o possível rival como cidadão, mas questionou a demora do combatente em aceitar o desafio.

“Eu entendo que você é um bombeiro, a gente admira essas coisas sobre você. Você ajuda as pessoas nesses momentos de crise, mas você também é um campeão do mundo”, afirmou DC.

O ex-campeão dos pesados também sugeriu um mês para que o confronto aconteça. Quando perguntado sobre quando estaria pronto para o confronto, o norte-americano não se esquivou.

“Eu luto em agosto. Vamos acabar logo com isso”, falou o competidor.

Um momento curioso, no entanto, aconteceu quando Cormier foi questionado se havia assistido a luta que resultou na perda do cinturão, em agosto do ano passado. O atleta, então, respondeu positivamente e ainda se lembrou de seu maior rival, Jon Jones, para valorizar sua motivação em voltar a encarar Stipe.

“Eu nunca deveria ter perdido para ele. Eu sou um lutador melhor. Esse vai ser um dos grandes arrependimentos. Eu perdi para (Jon) Jones (…), mas ele era melhor. Stipe Miocic não é melhor que eu.

Rivalidade entre DC e Miocic

S. Miocic (Esq.) e D. Cormier (Dir.) podem se enfrentar ainda em 2020. Foto: Reprodução/Instagram @dc_mma

Daniel e Stipe se enfrentaram pela primeira vez em julho de 2018. Na ocasião, DC, então campeão dos meio-pesados (até 93kg.), fazia sua estreia na divisão de cima pelo Ultimate e, logo de cara, foi escalado para encarar o dono do título da divisão.

Miocic havia conquistado o posto de número dos pesados um em maio de 2016, quando bateu Fabrício Werdum na luta principal do UFC 198, no Brasil. O norte-americano, então, realizou três defesas de cinturão com sucesso até o encontro contra Cormier.

No confronto entre os gigantes, DC foi superior e acabou conquistando um nocaute logo no primeiro round. A revanche aconteceria pouco mais de um ano depois.

A segunda luta começou com Daniel mostrando superioridade ao oponente. Atuando de forma segura, Cormier controlou o rival por quase três rounds. Stipe, porém, mudou sua estratégia no meio do confronto e acabou surpreendendo o adversário com uma sequência de golpes contundentes na região do estômago. O atleta, então, próximo do fim do quarto round, devolveu o nocaute sofrido na peleja anterior e voltou ao trono.

Desde então, os atletas negociam uma nova apresentação. Stipe, porém, se recuperava de uma lesão no olho e não estava apto para retornar ao octógono.

Recentemente, o campeão afirmou que não há possibilidade de lutar durante o período da pandemia. A fala de Miocic frustra os planos de Cormier, que segue declarando que a trilogia irá decretar sua aposentadoria no MMA, independente do resultado.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments