Após UFC 249, Cormier crava: ‘Se Miocic não lutar, vou enfrentar Ngannou pelo cinturão’

Ex-campeão dos pesados dá ultimato a número um da divisão e sugere embate contra ‘gigante’ da categoria em seu próximo compromisso

D. Cormier (foto) dá ultimato a S. Miocic. Foto: Reprodução/Instagram @dc_mma

O ex-campeão dos pesados (até 120,2kg.) do Ultimate, Daniel Cormier, parece ter perdido a paciência com o atual campeão da divisão, Stipe Miocic, que se recusa a aceitar a trilogia entre eles enquanto a situação da pandemia não é regulada. Após o show de Francis Ngannou no UFC 249, realizado no último sábado (9), em Jacksonville, DC parece ter se convencido que o franco-camaronês pode ser seu próximo adversário pela organização.

Veja Também

Lenda do Ultimate, Georges St. Pierre é indicado ao Hall da Fama do UFC
IMAGENS FORTES: Veja como ficou o rosto de Tony Ferguson após o castigo no UFC 249
Vídeo: Tony Ferguson publica imagens dançando no hospital após derrota para Justin Gaethje

“Se Stipe não lutar, então Francis Ngannou ganhará uma luta pelo cinturão. Se alguém enfrentar Francis Ngannou pelo cinturão, serei eu”, disse Daniel em entrevista após o espetáculo deste final de semana.

No UFC 249, Francis, que vem pedindo uma nova chance de lutar pelo título há um tempo, entrou para provar a boa fase e conquistou um nocaute relâmpago sobre o promissor e, até aquele momento, invicto, Jairzinho Rozenstruik. Após o confronto, Ngannou voltou a manifestar sua insatisfação contra o Ultimate, que não realiza uma luta pelo cinturão dos pesados desde agosto do ano passado, quando Stipe bateu DC e reconquistou o posto de campeão.

Ao propôr um confronto conta Francis, Cormier se coloca à disposição para enfrentar um atleta que tem se mostrado como um dos mais perigosos de toda a organização. DC, porém, afirmou estar ciente dos perigos, mas revelou não temer o rival.

“Vou ser sincero com você, tenho todo o respeito do mundo por Francis Ngannou, mas não tenho medo de ninguém. Vou lutar contra qualquer um a qualquer hora. Eu amo Francis. Acho que ele é ótimo”, afirmou.

Por fim, DC afirmou que não desistiu oficialmente da revanche contra Miocic. O atleta vem, desde o ano passado, afirmando que pretende que a revanche contra o compatriota represente sua última apresentação como profissional no MMA.

“Eu adoraria fazer minha trilogia contra Stipe Miocic, mas, se ele não lutar, nós vamos tirar seu cinturão, como fez Henry (Cejudo), que abriu mão do dele (dos moscas). Aí, eles vão fazer uma luta entre Francis e eu pelo cinturão”, finalizou.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments