Lenda do Ultimate, Georges St. Pierre é indicado ao Hall da Fama do UFC

Canadense recebeu o anúncio do presidente da organização, Dana White, durante o card ocorrido no último sábado, em Jacksonville

G. St-Pierre é indicado ao Hall da Fama do UFC. Foto: Reprodução/Instagram @georgesstpierre

Um dos maiores nomes da história do Ultimate, Georges St. Pierre foi indicado para compor o seleto grupo de lutadores no Hall da Fama do UFC. Ex-campeão de em duas categorias da organização (médios e meio-médios), o atleta recebeu a informação do presidente da empresa, Dana White, durante a realização do card do último sábado (9), em Jacksonville (EUA).

Veja Também

IMAGENS FORTES: Veja como ficou o rosto de Tony Ferguson após o castigo no UFC 249
Vídeo: Tony Ferguson publica imagens dançando no hospital após derrota para Justin Gaethje
Dominick Cruz faz grave acusação a árbitro que interrompeu luta contra Henry Cejudo

“Isso deveria ser anunciado de uma forma maior, mas estamos passando por essa pandemia. Você está sendo integrado ao Hall da Fama (do UFC), meu amigo”, disse Dana em uma chamada de vídeo com o canadense.

O presidente aproveitou para elogiar a carreira de Georges do lutador, que acumulou vitórias e cinturões ao longo de sua trajetória no MMA.

“Você merece, cara. Você conquistou muita coisa na sua vida. É muito merecido. Vamos esperar que possamos estar juntos em breve para celebrarmos”, enfatizou White.

Após o anúncio, St. Pierre usou suas redes sociais para agradecer ao UFC e sua equipe pela nomeação. O lutador também não se esqueceu de sua equipe, colaboradores e, até, seus adversários dentro do octógono.

“É uma grande honra ser indicado ao Hall da Fama do UFC. Quero agradecer a Lorenzo e Frank Fertitta, Dana White e toda a equipe do UFC. Minha família, meus treinadores, companheiros de equipe, patrocinadores, colaboradores, oponentes e fãs. Foi um dia incrível. Sem vocês, não seria possível”, escreveu o canadense em sua conta no Instagram.

Histórico de GSP no UFC

GSP em vitória pelo UFC. Foto: Reprodução/Twitter ufc_europe

Georges estreou como lutador do Ultimate em janeiro de 2004, com vitória sobre Karo Parisyan. O lutador precisou de apenas duas apresentações para disputar o cinturão dos meio-médios (até 77kg.), que estava vago na época. A conquista não veio na primeira tentativa, já que o combatente acabou derrotado por Matt Hughes. O atleta, no entanto, teria sua revanche quase dois anos depois e, desta vez, não deixou a oportunidade escapar.

Pelo Ultimate, Georges realizou 23 lutas, vencendo 21 e sendo derrotado em apenas duas ocaisões. Seu último compromisso pela empresa aconteceu em novembro de 2017, quando o atleta retornou ao MMA após um hiato de quatro anos, e derrotou Michael Bisping na disputa pelo título dos médios (até 93kg.). Após derrotar o inglês, o canadense entrou para o grupo de combatentes que ostentaram cinturões em duas divisões diferentes.

Hoje, St. Pierre está com 38 anos e não confirma a aposentadoria oficial do esporte. Recentemente, o atleta ensaia um retorno ao esporte para enfrentar o atual campeão dos leves (até 70,3kg.), Khabib Nurmagomedov, em uma superluta.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Watch @GeorgesStPierre’s first reaction to hearing he’ll be entering the #UFCHoF! 🇨🇦🏆

Uma publicação compartilhada por ufc (@ufc) em

 

Ver essa foto no Instagram

 

It is a great honour to be inducted to the @UFC Hall of Fame. I want to thank Lorenzo and Frank Fertitta, Dana White and the entire UFC team, my family, my coaches, teammates, my sponsors and all my other collaborators, my opponents, and of course, all my fans. It’s been an amazing journey, without you none of this would have been possible. C’est un grand honneur pour moi d’être intronisé au Temple de la renommée de l’UFC. Je tiens à remercier Lorenzo et Frank Ferttita, Dana White et toute l’équipe de l’UFC, mes entraîneurs et mes partenaires d’entraînement, tous mes sponsors et collaborateurs, mes adversaires et bien sûr, mes loyaux supporteurs! Ce fut un parcours incroyable et tout ceci n’aurait jamais été possible sans vous. Merci à tous!

Uma publicação compartilhada por Georges St-Pierre (@georgesstpierre) em

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments