Vídeo: Glover elogia Marreta, mas não descarta enfrentar o compatriota no futuro: ‘Seria um prazer’

A uma vitória de retornar à elite da divisão, brasileiro entende que um confronto contra Thiago pode ser inevitável em um futuro próximo

G. Teixeira afirma que não veria problemas em enfrentar T. Marreta pelo UFC. Foto: Montagem SL/MMA Press

O brasileiro Glover Teixeira está a um passo de retornar ao top 5 da divisão dos meio-pesados (até 93kg.). O atleta, que enfrenta Anthony Smith, nesta quarta-feira (13), em Jacksonville (EUA), sabe que um resultado positivo o colocará em uma ótima posição no grupo liderado por Jon Jones. O mineiro, no entanto, sabe que, para chegar a uma disputa de cinturão, poderá enfrentar outro combatente querido dos fãs: Thiago Marreta. Em entrevista ao jornalista Laerte Viana, com exclusividade ao SUPER LUTAS, Teixeira falou o que pensa sobre a situação.

Veja Também

Após UFC 249, Cormier crava: ‘Se Miocic não lutar, vou enfrentar Ngannou pelo cinturão’
Lenda do Ultimate, Georges St. Pierre é indicado ao Hall da Fama do UFC
IMAGENS FORTES: Veja como ficou o rosto de Tony Ferguson após o castigo no UFC 249

“Não (haveria problema). O Thiago Marreta é um cara gente boa. Torço muito para o cara, exceto se ele lutar comigo. claro. Torci para ele contra o Jon Jones (julho de 2019), achei até que ele ganhou a luta”, afirmou Teixeira.

Glover, então, afirmou que um possível duelo tupiniquim não seria munido por problemas pessoais. Segundo o mineiro, o respeito pelo compatriota vai sempre existir e o compromisso seria apenas profissional.

“Se eu lutasse com o Marreta, seria um prazer. Marreta está no topo. Não tenho problema nenhum em lutar com brasileiro, americano e nem ninguém, porque isso é o esporte. A gente tem que ver isso como profissionalismo”, finalizou.

Sem lutar desde sua derrota para Jones, em julho, quando perdeu para o norte-americano na disputa de cinturão, Marreta, que se recuperava de cirurgias nos dois joelhos, parece já ter um alvo para sua volta. Em declaração recente, o atleta afirmou que seu retorno dos sonhos seria contra Dominick Reyes em um card encabeçado por ‘Bones’ contra Jan Blachowicz. Os vencedores se enfrentariam posteriormente pelo título.

Glover, por sua vez, tenta desbancar o atual número três do ranking para se aproximar dos desafiantes ao posto ocupado de Jones O mineiro, hoje, vem de três vitórias consecutivas e busca a 33ª da carreira como profissional no MMA.

Veja a declaração do brasileiro abaixo

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments