Gilbert Durinho domina Tyron Woodley, vence ex-campeão e pede luta por cinturão

Brasileiro tem atuação perfeita contra norte-americano e se aproxima de um confronto contra Kamaru Usman

G. Durinho (esq.) derrota T. Woodley (dir.) na luta principal do UFC Woodley x Durinho. Foto: Reprodução/Instagram @ufc_brasil

Impecável. Gilbert Durinho deu um verdadeiro show no confronto contra Tyron Woodley, neste sábado (30), em Las Vegas (EUA). Contra o ex-campeão dos meio-médios (até 77kg.), o brasileiro atuou de forma segura e dominou o norte-americano durante todos os assaltos. Ao fim de cinco rounds, o niteroiense foi declarado vencedor na decisão unânime dos juízes.

Veja Também

VÍDEO: Assista a vitória de Gilbert Durinho sobre Tyron Woodley no UFC Las Vegas
Mackenzie Dern dá show e finaliza Hannah Cifers no UFC Woodley x Durinho
VÍDEO: Veja a finalização de Mackenzie Dern sobre Hannah Cifers
Klidson Abreu é superado por Jamahal Hill e se complica dentro do UFC
Após grandes atuações, Gilbert Durinho e Mackenzie Dern recebem bônus de ‘Performance da Noite’

Esta é apenas a quarta luta desde que Durinho decidiu retornar à divisão dos meio-médios. Com atuações imponentes, não demorou muito para que o niteroiense se aproximasse dos primeiros colocados da divisão e, com a sexta vitória consecutiva, o combatente chegou de vez para assombrar o reinado de Kamaru Usman.

O confronto contra Gilbert marcou o retorno de Tyron ao octógono mais de um ano após sua última apresentação. Em 2019, Woodley foi batido pelo atual campeão e perdeu o cinturão da categoria.

Ao fim do confronto, Durinho mostrou respeito ao atual campeão, mas solicitou uma oportunidade de atuar pelo título da divisão.

“Eu amo o campeão, Kamaru Usman. É meu companheiro de equipe, mas eu quero lutar pelo título. Eu tenho muito respeito por você, Kamaru, mas eu mereço. Ele ganhou do campeão, eu acabei de vencê-lo, então me deem essa chance! Posso lutar já em julho”, disse o brasileiro em entrevista após o confronto.

A luta

O confronto começou com Woodley tomando a iniciativa com uma ‘bomba’ de direita no vazio. O norte-americano tentava encontrar a distância com jabs. Gilbert respondeu rápido e conseguiu derrubar o ex-campeão com um uppercut. O brasileiro partiu para cima e tentou liquidar a fatura, mas Tyron resistia. Por cima, o niteroiense seguia golpeando o rosto do adversário, que já apresentava um sangramento no supercílio. Na metade do round, Durinho seguia em vantagem e Woodley se protegia como podia. Após tentar uma finalização, Gilbert se distraiu e o norte-americano conseguiu se levantar. De pé, o brasileiro seguia caminhando para frente, enquanto Tyron apostava nos contra-ataques. O niteroiense seguia melhor no confronto e acuava o norte-americano até que cronômetro zerou.

A luta voltou com Woodley desferindo uma boa sequência de socos no brasileiro, que se defendeu. Mais agressivo, o norte-americano conectou um direto que explodiu no rosto de Gilbert. O niteroiense, no entanto, seguia ativo no confronto e caminhava para frente durante todo o tempo. Na metade do assalto, o brasileiro arriscou um cruzado e depois conseguiu uma bela queda no adversário. Durinho seguia pontuando com golpes de cima para baixo. Assim como na primeira etapa, o ex-campeão conseguiu se levantar e o duelo passou a ser disputado no clinch. O round foi encerrado com os meio-médios atuando nas grades.

No terceiro round, os atletas começaram dividindo o centro do octógono e apostando nos jabs. Woodley surpreendeu o brasileiro com um direto no rosto e o niteroiense respondeu com um chute baixo. Gilbert balançou o adversário com uma sequência de jab e direto. Durinho voltou a assustar com um cruzado que raspou o rosto do ex-campeão. O brasileiro seguia perseguindo o rival, que abaixou a guarda para provocar o niteroiense. Nos segundos finais, Durinho desferiu uma sequência de chutes baixos e tentava magoar as pernas do adversário, mas não havia mais tempo.

No penúltimo assalto, Tyron arriscou um cruzado, mas o brasileiro se esquivou e tentou uma queda. O norte-americano se defendeu bem e o confronto passou a ser disputado nas grades. Gilbert conseguiu se afastar e seguia atacando Woodley. O brasileiro seguia encurtando a distância e obrigando o oponente a caminhar para trás. Na metade do round, o niteroiense conseguiu conectar uma boa sequência de socos, que balançou o ex-campeão e obrigou a entrar no clinch. Gilbert seguia superior no confronto e, de cima para baixo, atacava o norte-americano. Nos segundos finais, Durinho tentou um estrangulamento, mas o assalto acabou.

Durinho partiu para cima do norte-americano logo no início do último round. O brasileiro tentou uma queda, mas o ex-campeão se defendeu. O niteroiense seguiu pressionando o rival nas grades. Precisando se recuperar dos prejuízos dos assaltos anteriores, Woodley passou a mostrar perigo com cruzados, mas Gilbert seguia caminhando para frente. Tyron tentou desferir um novo cruzado, mas o niteroiense se esquivou e tentou levar o adversário para o chão. O combate seguiu tenso até que a buzina anunciou o fim do confronto.

Resultados do UFC Woodley x Durinho

CARD PRINCIPAL 

Peso meio-médio: Gilbert Durinho derrotou Tyron Woodley na decisão unânime dos juízes (50-44, 50-45, 50-44)

Peso pesado: Augusto Sakai derrotou Blagoy Ivanov na decisão dividida dos juízes (30-27, 29-28, 29-29)

Peso pena: Billy Quarantillo derrotou Spike Carlyle na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso leve: Roosevelt Roberts finalizou Brok Weaver com um mata-leão a 3m26 do R2

Peso palha: Mackenzie Dern finalizou Hannah Cifers com um leg lock a 2m36s do R1

CARD PRELIMINAR

Peso mosca: Katlyn Chookagian derrotou Antonina Shevchenko na decisão unânime dos juízes (30-25, 30-25, 30-25)

Peso meio-médio: Daniel Rodriguez derrotou Gabriel Green na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

Peso meio-pesado: Jamahal Hill derrotou Klidson Abreu por nocaute a 1m51s do R1

Peso mosca: Brandon Royval finalizouTim Elliott com um katagatame a 3m18s do R2

Peso galo: Casey Kenney finalizou Louis Smolka com uma guilhotina a 3m03s do R1

Peso galo: Chris Gutierrez derrotou Vince Morales por nocaute técnico a 4m27s do R2

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments