Augusto Sakai derrota Blagoy Ivanov por pontos e segue invicto no Ultimate

Brasileiro trava confronto equilibrado contra búlgaro e conquista triunfa na decisão dividida dos juízes no UFC Woodley x Durinho

A. Sakai (dir.) derrotou B. Ivanov (esq.) na decisão dividida dos juízes no UFC Woodley x Durinho. Foto: Reprodução/Instagram @ufcrussia

O brasileiro Augusto Sakai não teve vida fácil no confronto contra Blagoy Ivanov no UFC Woodley x Durinho, realizado neste sábado (30), em Las Vegas (EUA). Em busca de encostar ainda mais na elite dos pesados (até 1202,kg.), o curitibano travou uma luta equilibrada contra o búlgaro, que vendeu caro a derrota. Ao fim de três rounds, Sakai foi declarado vencedor na decisão dividida dos juízes.

Veja Também

Mackenzie Dern dá show e finaliza Hannah Cifers no UFC Woodley x Durinho
Klidson Abreu é superado por Jamahal Hill e se complica dentro do UFC
Gilbert Durinho domina Tyron Woodley, vence ex-campeão e pede luta por cinturão

Desde que estreou pelo Ultimate, em setembro de 2018, Augusto não sabe o que é perder na carreira. Promessa brasileira para a divisão encabeçada por Stipe Miocic, o curitibano segue invicto na organização em quatro apresentações e afirmou que está pronto para o próximo compromisso.

Contra Blagoy, Sakai travou um confronto direto por uma posição no ranking do grupo. O brasileiro chegou para a luta figurando na 13ª posição, enquanto o búlgaro vinha uma posição acima, em 12º.

A luta

O confronto começou com os atletas se estudando no centro do octógono. Sakai tomou a iniciativa com um chute frontal que parou na guarda do búlgaro. O confronto seguiu com os dois atletas se respeitando e economizando nos golpes. Ivanov tentou surpreender o brasileiro com uma sequência de cruzados, mas Augusto se protegeu bem. O curitibano tentava encontrar a distância. Blagoy conectou um bom cruzado no rosto do brasileiro, que respondeu na mesma moeda. No minuto final, o búlgaro passou a pressionar o curitibano contra as grades, mas os pesados se afastaram rapidamente. Os atletas foram para o clinch, mas não havia mais tempo.

Na segunda etapa, Ivanov tomou a iniciativa com um chute na linha de cintura seguido de um cruzado. Sakai seguia apostando nos chutes no corpo do adversário. Passado um minuto, Blagoy conectou uma boa sequência de socos, que obrigaram o brasileiro a caminhar para trás. Augusto buscou o clinch, mas foi afastado pelo búlgaro. Na metade do round, os pesados partiram para a trocação franca e um cruzado de direita do curitibano chegou a balançar o rival. No fim do assalto, o brasileiro conseguiu conectar bons chutes na barriga do búlgaro, que mostrava perigo nos contra-ataques. Nos segundos finais, após uma tentativa de ataque do curitibano, Blagoy conseguiu levar o confronto para o chão e caiu em posição de vantagem. Ivanov desferia bons golpes em Augusto, mas o cronômetro zerou.

O último assalto começou agitado com os pesados trocando golpes no centro do octógono. Sakai conectou um bom cruzado que explodiu no rosto do búlgaro. Ivanov respondeu com uma joelhada voadora. Na metade do round, Augusto voltou a apostar no clinch e pressionou o adversário contra as grades. Blagoy tentou uma queda, mas o brasileiro se defendeu bem. Aparentemente mais cansado, Ivanov passou a reduzir o ritmo no minuto final. O curitibano tentou aproveitar a vantagem e caminhava em direção ao rival para buscar um nocaute. Restando poucos segundos para o fim, os combatentes resolveram testar os queixos e trocaram golpes sem moderação. O combate terminou com os lutadores agarrados e tentando pontuar.

Billy Quarantillo derrota Spike Carlyle em luta emocionante

B. Quarantillo (esq.) em vitória sobre S. Carlyle. Foto: Reprodução/Instagram @ufc

Os norte-americanos Billy Quarantillo e Spike Carlyle promoveram um dos combates mais emocionantes deste sábado. Em um confronto de muita movimentação e agressividade, os atletas deram tudo de si e, ao fim de três rounds, Quarantillo foi declarado o vencedor na decisão unânime dos juízes.

No confronto realizado em peso casado, Billy subiu ao octógono para defender uma invencibilidade de seis lutas. O lutador, que estreou no UFC em dezembro do ano passado, segue com 100% de aproveitamento na organização e se tornou um nome a ser observado pela diretoria da empresa.

Com 11 lutas completadas neste final de semana, Spike amargou sua segunda derrota na carreira e a primeira no Ultimate. O norte-americano, agora, aguarda o próximo compromisso para tentar retomar o caminho das vitórias.

Resultados do UFC Woodley x Durinho

CARD PRINCIPAL

Peso meio-médio: Gilbert Durinho derrotou Tyron Woodley na decisão unânime dos juízes (50-44, 50-45, 50-44)

Peso pesado: Augusto Sakai derrotou Blagoy Ivanov na decisão dividida dos juízes (30-27, 29-28, 29-29)

Peso pena: Billy Quarantillo derrotou Spike Carlyle na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso leve: Roosevelt Roberts finalizou Brok Weaver com um mata-leão a 3m26 do R2

Peso palha: Mackenzie Dern finalizou Hannah Cifers com um leg lock a 2m36s do R1

CARD PRELIMINAR

Peso mosca: Katlyn Chookagian derrotou Antonina Shevchenko na decisão unânime dos juízes (30-25, 30-25, 30-25)

Peso meio-médio: Daniel Rodriguez derrotou Gabriel Green na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

Peso meio-pesado: Jamahal Hill derrotou Klidson Abreu por nocaute a 1m51s do R1

Peso mosca: Brandon Royval finalizouTim Elliott com um katagatame a 3m18s do R2

Peso galo: Casey Kenney finalizou Louis Smolka com uma guilhotina a 3m03s do R1

Peso galo: Chris Gutierrez derrotou Vince Morales por nocaute técnico a 4m27s do R2

 

 

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments