Revoltado com o UFC, Jon Jones afirma que vai abrir mão de cinturão dos meio-pesados: ‘Bones está fora’

Após trocar farpas com Dana White, norte-americano ameaça abandonar organização e sugere luta entre Dominick Reyes e Jan Blachowicz pelo título da divisão

J. Jones após mais uma defesa de título no UFC. Foto: Reprodução/Facebook UFC

A história de Jon Jones no Ultimate parece não caminhar para um final feliz. Após ter a superluta contra Francis Ngannou negada e ser acusado pelo presidente da empresa, Dana White, de impôr uma quantia astronômica para encarar o franco-camaronês, o futuro de ‘Bones’ na organização está em aberto. Por meio das redes sociais, o atleta afirmou que pode abrir mão de seu título dos meio-pesados (até 93kg.) e ainda sugeriu o confronto para promover um novo campeão.

Veja Também

Próximo do cinturão, Durinho não descarta enfrentar outros adversários e crava: ‘Estou pronto para julho’
Fã declarado de FIFA, José Aldo troca octógono pelo videogame para representar o Brasil em clássico contra a Argentina
VÍDEO: Veja a finalização de Mackenzie Dern sobre Hannah Cifers

“(Dominick) Reyes contra Jan (Blachowicz) pelo cinturão dos meio-pesados do mundo. A partir de agora, não tenho nada a ganhar enfrentando qualquer um deles. Me avisem se quiserem marcar uma data em 2021 para enfrentar o ‘Izzy’ (Israem Adesanya). Espero que até lá vocês estejam dispostos a pagar”, escreveu o norte-americano.

O comunicado de Jones obviamente movimentou as redes socais do atleta. Após uma resposta de um de seus seguidores, que questionou se o atleta estava oficialmente abrindo mão de seu posto de campeão, Jon foi taxativo.

“Sim”, respondeu, confirmando sua motivação de se afastar do esporte até segunda ordem.

No último sábado, após a realização do UFC Woodley x Durinho, Dana comentou falou sobre o caso envolvendo um dos maiores nomes da companhia na atualidade. Em poucas palavras, o ‘chefão’ afirmou que, independente de quem seja, “você não receberá um cheque de US$15 milhões, US$20 milhões ou US$30 milhões para lutar”.

Com a afirmação do mandatário, restou a ‘Bones’ tonar público seu desejo de fazer uma pausa na carreira e aguardar para saber se, com o tempo, a diretoria mudará de opinião sobre a questão financeira do norte-americano.

“Eu me machuquei todas as vezes que subi no octógono para tomar socos na cabeça. Não sinto que meu pagamento valha mais a pena”, escreveu antes de completar: “Bones’ está foram. Se me virem na rua, me chamem de JJ (Jon Jones), finalizou.

J. Jones confirma crise com o UFC no Twitter. Foto: Reprodução

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments