Ex-estrela do WWE acusa Brock Lesnar de assédio sexual

Famosa lutadora dos anos 90 e 2000, Terri Runnels narra episódio que, segundo ela, aconteceu há mais de 10 anos

B. Lesnar é acusado de assédio sexual por ex-estrela da WWE. Foto: Reprodução/Facebook @thebrocklesnar

O astro da luta livre e ex-campeão dos pesados (até 120,2kg.) do UFC, Brock Lesnar teve seu nome envolvido em um suposto caso de assédio sexual. O atleta foi acusado pela ex-estrela do WWE, Terri Runnels de tê-la desrespeitado de forma criminosa nos anos 2000. Em entrevista ao ‘The Sun’, a norte-americana narrou o episódio.

Veja Também

Após derrota em estreia, Philipe Lins espera grande vitória neste sábado, pelo UFC Las Vegas 4
Durinho rebate Masvidal e se diz satisfeito com pagamento para enfrentar Usman
Minotouro fala sobre aposentadoria após trilogia contra Shogun: ‘Chegou a hora’

“Não tenho muito respeito por Brock. Não acho que ele respeite os fãs de luta livre. Brock fez algo que, se fosse nos dias de hoje, você sabe. Ele me mostrou seu pênis. Chamou meu nome quando eu passava por onde ele estava no vestiário e abriu a toalha para que eu pudesse ver suas partes”, afirmou Terri.

Runnels aproveitou a oportunidade para endossar o fato de que Lesnar ainda despontava como grande figura em meio ao entretenimento a luta livre. Segundo a ex-lutadora, o norte-americano extrapolou todos os limites aceitáveis de um grande ícone do esporte.

T. Runnels (dir.) em foto com a lenda da luta livre, H. Hogan. Foto: Reprodução/Instagram @theterrirunnels

“Gostaria que ele não fosse tão desrespeitoso com uma mulher que está nesse negócio há tanto tempo. Ele sabia que teria muito poder, que lhe dariam o cinturão, mas, naquele momento, eu estava nesse negócio há muito tempo. Sou uma pessoa respeitada e o que ele fez foi muito, muito errado. Do ponto de vista do respeito, do ponto de vista do assédio sexual, estava errado”, finalizou a norte-americana.

Segundo o ‘The Sun’, Runnels já havia comentado o assunto em 2004, próximo de quando o episódio aconteceu. Agora, com 53 anos, a ex-lutadora decidiu dar mais detalhes sobre o suposto crime.

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments