Hendo responde Jones e diz: “Adoro ser azarão”

Hendo diz que agora ser azarão em suas lutas

Jon Jones não tem encontrado adversários na divisão de meio-pesados do UFC. O norte-americano, de apenas 25 anos, já defendeu o cinturão da categoria em três oportunidades, mas no próximo dia 1 de setembro, na luta principal do UFC 151, ele encara o veterano Dan Henderson.

Considerado o maior vencedor da história do MMA, Hendo, que já conquistou cinturões do Pride (em duas categorias), Strikeforce, Rings, além de um GP do UFC, busca o título do Ultimate diante de Jones, que recentemente afimrou que seria o primeiro lutador a nocautear Henderson.

“(Minha mão direita) deve ser um truque muito bom. Ela me manteve no esporte por todo esse tempo, e as pessoas continuam querendo ver isso. Mas (o segredo) está mais no posicionamento. Ele (Jones) vai me nocautear? Eu adoraria que ele tentasse. Isso significa que vai atrás de mim e eu não terei de persegui-lo…”, disparou Hendo, que pretende usar sua experiência para surpreender o favorito.

“Um dos maiores bens que tenho é a minha experiência, meu tempo, minha trocação, minhas quedas e a capacidade de misturar isso tudo. Amo ser o azarão. Gosto de ser um pouco contestado. Preciso provar que as pessoas estão erradas. Isso acrescenta combustível ao meu fogo e me motiva. Eu me sinto em casa quando estou lutando”,  completou.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments