Treinador de Adesanya afirma que desconhece sobre TUF entre campeão e Borrachinha

Eugene Bareman rebate afirmações de Joe Rogan, que havia cravado reality show entre brasileiro e nigeriano

E. Bareman (esq.) posa com I. Adesanya (dir.). Foto: Reprodução/Instagram

Um banho de água fria para quem esperava que Israel Adesanya e Paulo Borrachinha protagonizariam a próxima edição do ‘The Ultimate Fighter’ (TUF). Um dos principais do atual campeão dos médios (até 83,9kg.), Eugene Bareman, rebateu as afirmações de Joe Rogan, principal comentarista do UFC, que havia cravado, na última semana, as participações do brasileiro e nigeriano na nova edição do reality show.

Veja Também

Alexandre Pantoja será o reserva de Deiveson e Benavidez na disputa do cinturão dos moscas
Com luta marcada contra Cigano, Rozenstruik mira revanche contra Ngannou no futuro
Covington pede chance a Dana White para ‘endireitar’ Jorge Masvidal: ‘Vai para o necrotério’

“Provavelmente Joe Rogan ouviu alguma informação que não é verdadeira. Até agora, não chegou nada na minha mesa sobre uma luta entre Israel Adesanya e Paulo Borrachinha. Absolutamente nada, assim como o ‘The Ultimate Fighter’. Para que o reality show aconteça, é preciso que muita coisa seja feita. Seria muito mais uma decisão de negócios. Por exemplo, em quanto a participação de Israel ajudaria ele a ganhar dinheiro? Se essa participação adicionasse alguns zeros aos ganhos com pay-per-view, certamente valeria a pena. Mas, mesmo assim, teríamos que pensar, porque as histórias que ouvimos do TUF são de que o ambiente não é dos melhores, é bem duro”, afirmou Eugene, em entrevista ao ‘Submission Radio’.

O problema de logística, assim como as pendências financeiras não são os únicos problemas para que o programa seja negociado. Para Bareman, antes de mais nada, o acordo deve passar pelo seu crivo e, caso tudo seja acordado, o plano poderia ir para frente.

“A decisão final sobre contra quem Israel defenderá o seu cinturão e se ele participará ou não do TUF é minha, e eu não recebi absolutamente nada sobre nenhum dos dois assuntos. Portanto, nenhum deles está sequer sendo discutido nesse momento. Os papéis precisam chegar até a minha mesa e, nesse momento, não tem nada sobre ela. Imagino que, se Israel for enfrentar Paulo Borrachinha, a luta acontecerá, no mínimo, em setembro”, finalizou Bareman.

Paulo e Adesanya se tornaram rivais públicos há, pelo menos, um ano. Os atletas são desafetos confessos e já tornaram o confronto como um dos mais esperados dos últimos anos.

Borrachinha não atua desde agosto do ano passado. O atleta era o favorito para enfrentar o nigeriano na primeira defesa de título do rival, mas acabou se lesionando e ultrapassado por Yoel Romero.

O cubano e Adesanya se enfrentaram em março deste ano, em uma luta muito criticada pelos fãs e membros da imprensa especializada. No confronto, Israel derrotou Romero em um duelo marcado pela falta de combatividade.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments