Covington pede chance a Dana White para ‘endireitar’ Jorge Masvidal: ‘Vai para o necrotério’

Ex-campeão interino dos meio-médios pede luta contra antigo companheiro de equipe, que está em ‘guerra financeira’ com o UFC

C. Covington se encaminha para o octógono do UFC. Foto: Reprodução/Instagram

Sem lutar desde a derrota para Kamaru Usman, sofrida em dezembro do ano passado, Colby Covington parece ter um novo alvo para seu retorno ao octógono. O ex-campeão interino dos meio-médios (até 77kg.) mandou um recado para o presidente do UFC, Dana White, e pediu um confronto contra Jorge Masvidal, seu ex-amigo e antigo companheiro de treinos.

Veja Também

Com luta marcada entre as moscas, Amanda Ribas sugere seguir passos da xará Amanda Nunes no UFC
Vídeo: Dana White divulga imagens de estruturas da ‘Ilha da Luta’ sendo montadas
Técnico de McGregor confirma aposentadoria de irlandês: ‘Não posso convencê-lo a voltar’

“Eu sei que Dana está em uma disputa com o ‘Jesus das Ruas’, Masvidal, neste momento. Dana, você sabe para quem ligar. Eu vou acabar com o ‘Jesus das Ruas’. Vou mandar aquele cara para o necrotério. Ele não nunca mais vai voltar a lutar”, afirmou Colby em entrevista ao ‘BJPenn.com.

O norte-americano, então, aproveitou para provocar o ex-companheiro de American Top Team (ATT), zombando do feito de Jorge sobre Nate Diaz, em novembro do ano passado, e que lhe rendeu um cinturão simbólico dentro da companhia.

“Ele ganhou o cinturão de ‘Mais Casca-Grossa’, mas aquilo nem é um título de verdade. É um troféu de participação. No momento, ele tem o título de ‘Filho da Pu** Mais Triste’, ou de ‘Filho da Pu** Mais Assustado’. Ele não tem problemas com dinheiro, tem problemas com medo”, disparou Covington.

Masvidal não sobe no octógono desde a vitória sobre Nate, no UFC 244. O atleta esteve como franco favorito para enfrentar Kamaru Usman na disputa do cinturão linear da divisão. O confronto, no entanto, acabou nunca se oficializando, pois Jorge vem exigido um melhor pagamento para que possa se apresentar no Ultimate.

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments