Luana ‘Dread’ recebe seis meses de suspensão médica após sofrer finalização marcante

Brasileira foi derrotada por Ariane Lipski no UFC Ilha da Luta 2 em uma chave de joelho que decretou a vitória da compatriota

A. Lipski conecta chave de joelho em L. Dread. Foto: Reprodução/Facebook @ufc

Responsável por protagonizar um dos momentos mais inusitados de 2020, Luana ‘Dread’ recebeu uma suspensão médica de seis meses após a derrota para Ariane Lipski no UFC Ilha da Luta 2. A informação foi divulgada pelo corpo de especialistas do próprio Ultimate.

Veja Também

Fabrício Werdum garante melhor preparação para luta contra Alexander Gustafsson, neste sábado
Em nova fase, Alex Cowboy abre o jogo sobre passado conturbado: ‘Tinha uma vida bandida’
Com luta neste sábado, Maurício Shogun estipula prazo para aposentadoria no MMA

O confronto entre Luana e Lipski foi um dos mais aguardados do card pelo público brasileiro. Por se tratar de duas promessas tupiniquins para a divisão das moscas (até 56,7kg.), os fãs que acompanharam o espetáculo puderam ver as compatriotas trocando forças no octógono.

O embate em si, no entanto, acabou não durando muito. Após tentar uma chave de panturrilha de Ariane, ‘Dread’ acabou se descuidando e foi vítima de uma finalização que acabou rendendo à rival um dos bônus de ‘Performance da Noite’.

Quando Lipski encaixou a posição, Luana chegou a gritar de dor e a imagem exibida acabou sendo chocante para muitos espectadores. Em suas redes sociais, após o revés, a paulista tratou de tranquilizar seus fãs e confirmou que não havia quebrado nenhum osso.

A suspensão médica de 180 dias pode ser revertida, caso a atleta confirme, a partir de exames posteriores, que não há lesões graves. Desta forma, a combatente poderá retornar aos treinamentos e às lutas.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments