Chateado pelo primeiro revés no UFC, Herbert Burns planeja recuperação ainda em 2020

Lutador brasileiro perdeu pela primeira vez no Ultimate ao ser nocauteado por Daniel Pineda no UFC 252

H. Burns (foto) quer recuperação no UFC ainda em 2020. Foto: Reprodução/Instagram

O brasileiro Herbert Burns perdeu sua primeira luta no Ultimate ao ser derrotado por Daniel Pineda no UFC 252, realizado no último sábado (15), em Las Vegas (EUA). Apesar da chateação pelo resultado, ele garante que vai manter o trabalho que vem sendo desenvolvido dentro de sua equipe e projetou uma luta de recuperação ainda em 2020, que seria a sua quarta apresentação no ano.

Veja Também

Jon Jones abre mão de cinturão do UFC e cogita volta como peso pesado
Cigano reconhece má fase, mas promete evolução: ‘Momento onde é muito difícil as coisas darem certo’
Mesmo com derrrota, Cigano recebe quase R$3 milhões de salário no UFC 252

“Tiveram dois erros técnicos: perdi o controle no chão, faltou tentar levantar no primeiro round; e ser um pouco mais agressivo no ground and pound, não só tentar a finalização”, admitiu. “Mas não é porque aconteceu a derrota que eu tenho que mudar tudo. Tenho apenas que ajustar algumas coisas, pois muitas estão sendo feitas da forma correta. Não estou feliz, senti muito a derrota, mas nada que vá me parar. Vou voltar aos treinos, recuperar o que tem que recuperar, ajustar o que tem que ajustar e voltar no final do ano, novembro ou dezembro.”

Além dos erros supracitados, Herbert Burns também lembrou do curto tempo que teve para se preparar para a luta, algumas lesões que influenciaram e também o desgaste que teve para tentar atingir o peso limite da divisão, o que acabou não acontecendo.

“Vinha de uma sequência muito forte de treinamentos, vários camps seguidos e peguei a luta em cima da hora, com duas semanas, então tive pouco tempo de preparação, além de umas pequenas lesões que me impediram de treinar 100%. Mesmo assim acreditei na minha vitória a todo momento. Não consegui bater o peso e isso influenciou bastante no meu desempenho, porque dei a vida para perder o peso, e isso impactou na minha performance física”, explicou.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments