Dominick Reyes sobre Jon Jones nos pesados: ‘Foi por minha causa’

Último rival de ‘Bones’ acusa ex-campeão dos meio-pesados de migrar de divisão para evitar novo confronto

D. Reyes em luta contra J. Jones, em fevereiro de 2020. Foto: Reprodução/Instagram @domreyes24

Desafiante ao cinturão vago dos meio-pesados (até 93kg.), Dominick Reyes ainda não digeriu a decisão de Jon Jones em deixar a divisão e migrar para os pesados (até 120,2kg.) do UFC. Último adversário do, agora, ex-campeão do grupo, Reyes acusou ‘Bones’ de fugir para evitar um novo confronto entre eles.

Veja Também

Após dois anos longe do octógono, Thomas Almeida tem luta marcada para 10 de outubro
Frankie Edgar mira finalização contra Pedro Munhoz neste sábado: ‘Seria perfeito’
Johnny Walker deseja sorte a Jon Jones nos pesados: ‘Dependemos do sucesso dele’

“Eu acho que seu ego não vai deixar ele admitir que eu sou a razão. Sei que ele não quer uma nova luta comigo. É óbvio, ele abriu mão do cinturão. Você não desiste de algo que tem orgulho. Se eu conquisto o cinturão, não vou ficar: ‘Oh, vou desistir dele e ir para os pesados’. Não, cara. Você mereceu isso. Por que você desistiria de algo? A menos que você não merecesse”, disse Dominick, em entrevista à ‘ESPN’.

Reyes, então, seguiu tentando entender a estratégia de Jones para os próximos passos de sua carreira. O combatente afirmou que ‘Bones’ espera encontrar uma categoria mais tranquila para desempenhar seu papel dentro do octógono.

“Ele está indo para os pesados porque aqueles caras são lentos. Vocês perceberam, certo? Ele não consegue mais nos acompanhar. Depois do que eu e Thiago (Marreta) fizemos com ele, ele ficou: ‘Cara, eu preciso subir de divisão. Esses caras estão ficando rápidos, atléticos, bons. Os pesados ainda são lentos”, finalizou.

A decisão de Jones em abandonar a antiga divisão acabou favorecendo diretamente a Reyes. Pouco mais de um dia após o anúncio oficial do ex-campeão, o UFC agiu rápido e confirmou Dominick contra Jan Blachowicz na disputa do cinturão do grupo.

O evento será a luta co-principal do UFC 253, que será encabeçado por Israel Adesanya e Paulo Borrachinha, em 26 de setembro.

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments