Johnny Walker deseja sorte a Jon Jones nos pesados: ‘Dependemos do sucesso dele’

Brasileiro revela torcida para ex-campeão na divisão de cima e confirma desejo de também na divisão até 120kg. no futuro

J. Walker (foto) em pesagem pelo UFC. Foto: Reprodução/Instagram @johnnywalkerufc

A mudança de divisão de Jon Jones para os pesados (até 120,2kg.) do UFC já é realidade. Sem data para a estreia, os fãs de MMA, agora, aguardam ansiosos para saber como será o desempenho do ex-campeão dos meio-pesados (até 93kg.) na categoria. Porém, no que depender de Johnny Walker, torcida para o norte-americano não faltará.

Veja Também

Rafael dos Anjos retorna aos leves e enfrenta Islam Makhachev no UFC 254, diz site
Roy Jones Jr. ameaça deixar luta contra Mike Tyson após adiamento: ‘Inadmissível’
UFC encaminha luta entre Curtis Blaydes e Derrick Lewis para evento em 28 de novembro

Jon Jones é um grande atleta, um dos melhores de todos os tempos. Ele altura, envergadura e força para subir de categoria. Estou torcendo por ele, porque dependemos do sucesso de outros atletas e das suas carreiras para continuarmos lutando, certo? Espero que ele tenha uma grande estreia nos pesados quando ele voltar a lutar”, disse o brasileiro, em entrevista ao ‘MMA Fighting’.

Walker, que tem luta marcada contra Ryan Spann para o dia 19 de setembro, confirmou que pretende seguir os passos de Jones no futuro. No entanto, o combatente precisa se recuperar de dois reveses consecutivos sofridos em suas últimas apresentações.

“Eu também quero migrar para os pesados no futuro. Espero que Jones não se aposente, porque uma das lutas que mais quero na minha vida é contra ele. Mas não posso pensar nisso agora. Eu tenho que pensar na minha carreira, voltar a vencer e, devagar, retomar o lugar que eu estava conquistando”, contou o combatente.

Atualmente na 11ª posição no ranking dos meio-pesados, Johnny não atua desde a derrota para Nikita Krylov sofrida em março deste ano. Oponente de Walker na luta de 26 de setembro, Spann tem quatro apresentações pelo UFC e não foi derrotado calçando as luvas da organização.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments