Fedor Emelianenko confirma interesse em revanche contra Fabrício Werdum

Lenda do MMA, russo quer reeditar confronto realizado em 2010; presidente do Bellator admite negociar com brasileiro

F. Emelianenko (esq.) admite desejo de encarar F. Werdum (dir.) pela segunda vez. Foto: Montagem SUPER LUTAS

Após o fim de seu contrato com o UFC, Fabrício Werdum pode estar de ‘casa nova’ em breve. Uma das maiores lendas da história do MMA, Fedor Emelianenko admitiu a vontade de promover uma revanche contra o brasileiro, reeditando o confronto de 2010, quando o ‘Vai Cavalo’ finalizou o russo com um triângulo no primeiro round.

Veja Também

Herbert Burns analisa derrota no UFC 252 e mantém foco para chegar ao topo dos penas
Dominick Reyes sobre Jon Jones nos pesados: ‘Foi por minha causa’
Após dois anos longe do octógono, Thomas Almeida tem luta marcada para 10 de outubro

“Por mim, sim (aceitaria o desafio). Eu gostaria de lutar contra ele. Por outro lado, não sei se os fãs estão interessados em assistir ou o Bellator interessado em promover”, disse Fedor, em entrevista ao ‘MMA Junkie’.

Ao saber da intenção de Emelianenko, o presidente do Bellator, Scott Coker, não titubeou e comentou sobre a possibilidade de negociar o duelo. Segundo o ‘chefão’, existe uma chance real de que o acordo seja selado.

“Eu amo o Fabrício e é uma decisão que depende do Fedor. Uma das coisas que vou conversar com Fedor é: ‘é uma luta importante para você?’. Dependendo do que ele responder, vamos fazer acontecer. Se for uma luta importante para ele, provavelmente será feito”, disse Coker, antes de completar: ‘Se não for importante, não significar que não iremos atrás de Fabrício”, disse o mandatário.

Uma questão, no entanto, pode impedir que o confronto aconteça em um futuro próximo. Segundo Scott, seria um desperdício escalar Fedor para atuar em uma arena sem fãs, em função da pandemia do coronavírus.

“Fedor tem que lutar na frente dos fãs. Acho que é por isso que não vemos muitas estrelas do MMA lutando, porque eles precisam do suporte do público. Com Fedor, é do mesmo jeito. Ele é o melhor peso pesado de todos os tempos. Para mim, seria uma vergonha que ele tivesse que atuar em uma arena sem ninguém para assistir as últimas lutas da sua carreira”, finalizou.

Atualmente, Emelianenko está com 43 anos. O russo, que já disputou 46 lutas como profissional no MMA – conquistando 39 vitórias -, planeja, junto ao Bellator, uma ‘turnê de despedida’, para que possa se retirar do esporte.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments