Técnico de Daniel Cormier apoia decisão de pupilo em se aposentar: ‘Ele não é o mesmo’

Javier Mendez enaltece legado de DC no MMA, mas pondera que veterano ‘precisa parar’

J. Mendez (esq.) afirma que D. Cormier (dir.) deve manter decisão de se aposentar. Foto: Reprodução/Instagram

Depois de assistir um de seus melhores talentos perder no UFC 252, o líder da AKA (American Kickboxing Academy), Javier Mendez, segue firme na opinião de que Daniel Cormier deve manter a posição de se aposentar. Sem deixar o legado de ‘DC’ de lado, o treinador esclarece o motivo determinante para que o ex-campeão do Ultimate se retire definitivamente do esporte.

Veja Também

Dana White confirma que Jon Jones vai estrear nos pesados com disputa de cinturão: ‘Ele está invicto’
Israel Adesanya cita USADA e ataca Paulo ‘Borrachinha’ de forma pesada
Fora do UFC, Bethe ‘Pitbull’ agradece passagem pela organização: ‘Fiz uma história incrível’
Ex-UFC, Vitor Miranda comenta sobre luta de despedida no Taura MMA: ‘Precisava fazer uma última’
Focado, Luke Rockhold garante: ‘Sou o melhor da academia e um dos melhores do mundo’

“Ele (Cormier) precisa parar. Ele tem 41 anos e a verdade é que ele não é mais a mesma pessoa que eu tive quando ele tinha 27. Ele caiu um pouco de nível”, disse Mendez, em entrevista ao ‘Hablemos MMA’.

Embora esteja falando de um dos melhores talentos da história recente do MMA, Javier conhece o lutador como poucos. O treinador, então, tratou de enaltecer os feitos do ex-campeão das divisões até 93kg. e 120,2kg. e garantiu que o norte-americano não tem mais nada a provar.

“Ele tem muitas obrigações, com entrevistas, televisão e é melhor que ele não lute. É chato que sua última luta tenha acabado daquele jeito e ele tenha que sair assim, mas, ele é um dos melhores do mundo. O que ele fez é muito grande. Ele não precisa fazer mais. (…) Eu não quero mais que ele lute e ele não quer mais lutar, porque ele quer disputas de cinturão. Ele vai ganhar mais dinheiro com televisão e outras coisas, e, se ele não vai disputar um título, para que lutar”, endossou.

Por fim, Mendez confirmou o que pensa da trajetória de DC como profissional no MMA.

“Ele é um dos maiores da história e estou muito orgulhoso dele. Eu o amo de todo o meu coração. É uma grande pessoa”, finalizou.

Após o UFC 252, Cormier confirmou sua aposentadoria logo depois da derrota sofrida na trilogia contra Stipe Miocic. Na luta principal, Daniel acabou derrotado pelo campeão na decisão unânime dos juízes e não conseguiu recuperar o cinturão conquistado em 2018.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments