Popó sugere retorno aos ringues para enfrentar Oscar De La Hoya: 'Me candidatei' | SUPER LUTAS

Popó sugere retorno aos ringues para enfrentar Oscar De La Hoya: ‘Me candidatei’

Ex-campeão mundial de boxe brasileiro afirma que aceitaria deixar aposentadoria para encarar lenda do pugilismo, que recentemente anunciou sua volta às lutas

A. Popó (foto) se oferece para enfrentar O. De La Hoya no retorno do norte-americano aos ringues. Foto: Reprodução/Instagram

O anúncio da volta de Mike Tyson aos ringues parece ter dado uma descarga de ânimo em outros grandes representantes do boxe que haviam se aposentado. Um dos ‘afetados’ pode ser o lendário Acelino Popó Freitas, aposentado desde 2017, que se ofereceu para encarar o ex-campeão mundial Oscar De La Hoya, que recentemente confirmou o desejo de retornar ao esporte, aos 47 anos.

Veja Também

“Sobre o meu retorno aos ringues, o (Oscar) de la Hoya está procurando um oponente. Ele tem 47 anos, eu 44, e me candidatei a ser um dos oponentes para saber se ele aceita ou não, e estou no páreo. Se ele aceitar, vamos treinar e buscar um pouco de oportunidade para lutar com o De La Hoya, vamos ver se dá certo”, disse o brasileiro, em entrevista ao ‘FOXSports.com.br’.

Considerado um dos maiores nomes da história do boxe brasileiro, Popó viveu seu auge entre 1998 e 2007. Em seu extenso currículo, o baiano ostenta cinturões mundiais dos super-penas, pela WBO, WBA e peso leve, pela WBO.

Acelino se aposentou no esporte em 2007, mas aceitou o desafio de encarar a então promessa, Michael Oliveira, em 2012, quando derrotou o jovem compatriota por nocaute no 9º round. Após o retorno, o baiano fez mais duas apresentações, em 2015 e 2017, vencendo a primeira por nocaute, contra Mateo Veron, e a segunda, contra Gabriel Martinez, por pontos.

Conhecido por sua vida de sucesso nos ringues e confusões fora dele, De La Hoya é uma das figuras mais controversas da história do boxe. Campeão mundial incontestável em seis divisões de peso diferentes, Oscar também ostenta um título olímpico nos jogos de Barcelona, em 1992. Apesar de um passado de glórias no esporte, o norte-americano com raízes mexicanas tornou pública, anos atrás, sua dependência química com drogas e álcool.

Oscar não se apresenta desde dezembro de 2008. Na ocasião, o combatente foi batido por Manny Pacquiao. Ao todo, De La Hoya disputou 45 lutas, vencendo 39 e perdendo seis. Popó, por sua vez, tem um cartel de 43 confrontos, com 41 resultados positivos e dois reveses.

 

Escute o Podcast SUPER LUTAS #22 com a partipação do árbitro Flávio Almendra

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments