Holly Holm se apoia em parceria com Jon Jones para superar Irene Aldana neste sábado

Companheira de equipe de norte-americano, ex-campeã das galos revela conselhos de lenda do UFC para superar compatriota no UFC Ilha da Luta 4

J. Jones (esq.) é companheiro de equipe de H. Holm (dir.) na Jackson Wink MMA. Foto: Reprodução/Instagram

Ex-campeã das galos (até 61,2kg.) do Ultimate, Holly Holm contou com um reforço de peso na preparação para o duelo contra Irene Aldana, que acontece neste sábado (3), na ‘Ilha da Luta’, em Abu Dhabi. A um passo de mais uma disputa de cinturão, a norte-americana revelou que trabalhou intensamente com Jon Jones, companheiro de equipe na Jackson Wink MMA, em sua preparação e comemora a presença da lenda em seus treinamentos.

Veja Também

Podcast SUPER LUTAS #011 analisa tudo que rolou no UFC 253 com a vitória de Adesanya sobre Borrachinha
Yorgan de Castro espera luta rápida contra Carlos Boi pelo UFC neste sábado: ‘Um dos dois vai cair’
Blachowicz se irrita com comentário de Cormier, desafia ex-campeão, mas sofre rejeição categórica
Empresário de Khabib rejeita TUF com pupilo e McGregor como treinadores: ‘Esqueçam essa revanche’

“Nós assistimos aos vídeos e realmente destrinchamos algumas coisas que ele achou que eu deveria ter cuidado e algumas coisas que eu poderia fazer contra ela. Eu agradeço muito seu tempo, sua sabedoria e inteligência nisso. Adoro ouvir a opinião dele, porque ele consegue ouvir o que os treinadores dizem e transformar numa grande performance”, disse a lutadora, em entrevista ao ‘Combate’.

Atual número dois no ranking da categoria, Holly sabe que uma nova disputa de título pode não estar tão próxima, já que, em julho de 2019, acabou sendo presa fácil de Amanda Nunes, perdendo por nocaute no primeiro round. A norte-americana, no entanto, entende que uma grande apresentação sobre Aldana pode colocá-la novamente na linha de frente para enfrentar a ‘Leoa’, no próximo ano.

“Eu sei que há muitas garotas que são emergentes e nunca sabemos quem vai sair das sombras e fazer grandes coisas. Nunca menosprezo nenhuma garota. Sei que é uma categoria rasa, não tem muitos (grandes nomes), mas ainda tem muitas garotas aprendendo e se esforçando para crescer. Tudo depende de como nos saímos. Eu acho que cada vitória te coloca mais próxima do cinturão. Mas estou focada nesta luta, não penso muito adiante”, finalizou.

Aos 38 anos, Holm se encaminha para sua 19ª apresentação no MMA profissional. Famosa por ter desbancado a lendária Ronda Rousey, em 2015, e conquistado o título da divisão, a norte-americana, hoje, soma 13 vitórias e cinco derrotas na carreira.

Adversária de Holly neste final de semana, Irene, hoje, figura na 6ª posição no grupo liderado por Amanda. A atleta vem de grande vitória sobre a, até então invicta, Ketlen Vieira, em dezembro do ano passado.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments