Vídeo: Ex-UFC aplica nocaute fulminante em brasileiro com chute giratório, em evento russo

Pelo ACA 112, Magomed Bibulatov atropela Rodrigo Praia em espetáculo realizado neste final de semana

M. Bibulatov aplicou um belo nocaute em R. Praia no ACA 112. Foto: Reprodução/Instagram

Para quem gosta de nocautes fulminantes, Magomed Bibulatov ofereceu um prato cheio. Pelo ACA (Absolute Championship Akhmat) 112, realizado no último domingo (4), na Rússia, o atleta protagonizou um nocaute de rara beleza ao brutalizar o brasileiro Rodrigo Praia em uma das principais lutas do card.

Veja Também

Adesanya divulga suposta conversa privada com Borrachinha após UFC 253: ‘Na próxima, seja mais respeitoso’
Mike Perry pode ter fã em seu córner, ao lado de namorada, na próxima luta: ‘O que pagar mais’
Holly Holm comemora grande atuação no UFC Ilha da Luta 4 e não tem pressa para lutar pelo cinturão dos galos
Após finalizar Juliana Peña no UFC Ilha da Luta 4, Germaine De Randamie cobra respeito: ‘Mereço isso’

No confronto, Bibulatov, que calçou as luvas do UFC entre 2017 e 2019, precisou de menos de dois minutos para sacramentar a vitória sobre o amazonense, que, após o golpe, caiu imediatamente desacordado no chão (veja o vídeo abaixo).

Com o resultado positivo, Magomed conseguiu sua terceira vitória consecutiva pelo ACA e segue invicto na organização. Em todos os compromissos, o russo venceu por nocaute.

Rodrigo, que também seguia sem perder na empresa, em três apresentações, conheceu o revés de uma forma dura. O brasileiro, de 29 anos, agora, soma quatro derrotas em 19 lutas como profissional no MMA.

Bibulatov não perde desde fevereiro do ano passado. Seu último deslize aconteceu no duelo contra Rogério Bontorin, quando ainda estava no Ultimate. Hoje, o russo de 32 anos tem17 triunfos e dois reveses.

Veja o nocaute brutal de Magomed sobre Rodrigo

 

Ver essa foto no Instagram

 

🌪 НОКАУТ С РАЗВОРОТА! @Bibulatov_057 оформляет заявку на ЛУЧШИЙ нокаут года! #ACA112

Uma publicação compartilhada por ACA MMA (@aca_mma) em

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments