Após finalizar Juliana Peña no UFC Ilha da Luta 4, Germaine De Randamie cobra respeito: ‘Mereço isso’

Ex-campeã do peso pena não esquece das críticas que recebeu por não lutar contra Cris Cyborg e se posiciona

G. De Randamie pede respeito no UFC. Foto: Reprodução/Instagram

Se engana quem pensa que Germaine de Randamie ficou satisfeita com a vitória sobre Juliana Peña e com o bônus de performance no UFC Ilha da Luta 4. No evento realizado no sábado (03), em Abu Dhabi, a ex-campeã do peso pena (65,8kg) buscava algo mais simples, porém importante: respeito.

Na coletiva de imprensa pós-show, a holandesa, que ficou marcada por perder o cinturão ao recusar enfrentar Cris Cyborg, aproveitou o triunfo para mostrar todo seu descontentamento com as críticas que recebeu e reprovou o fato da organização valorizar atletas que agem ou se comportam de forma polêmica.

Veja Também

Germaine de Randamie e Luigi Vendramini faturam bônus de performance no UFC Ilha da Luta 4
Holly Holm domina Irene Aldana no UFC Ilha da Luta 4 e se aproxima de mais uma luta pelo cinturão
Carlos Boi vence Yorgan de Castro no UFC Ilha da Luta 4 e desafia o compatriota Raphael Bebezão
Após quatro anos, Carlos Condit volta a vencer no UFC Ilha da Luta 4

“Sinceramente, acredito que mereço mais respeito. Tenho 36 anos e, além de lutar, trabalho como policial. Estou ficando mais velha e isso não é fácil. Tenho uma boa carreira, fiz história em alguns momentos e não tenho o devido respeito. Sei que, se você é um idiota, você ganha destaque no UFC. Eu não quero ser um idiota e sim fiel aos meus princípios. Por tudo que fiz, mereço um pouco mais de respeito”, disse De Randamie.

Apesar de ser a número um no ranking do peso galo (61,2kg), ‘The Iron Lady’, que já lutou pelo cinturão da categoria, surpreendeu ao revelar que seu objetivo não é uma revanche contra a campeã, Amanda Nunes, e trata isso como uma consequência.

“Eu adoro o que faço e quero lutas divertidas. Pode ser pelo cinturão ou não. É isso que peço, porque sei que empolgo os fãs. Ter o cinturão é legal, mas já tenho muitos”, finalizou.

Além do cinturão do peso pena do UFC, os títulos que Germaine de Randamie mencionou foram conquistados no kickboxing e muay thai. Antes de migrar para o MMA, a holandesa realizou 46 lutas nas modalidades e venceu todas, sendo 30 por nocaute.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments