Após Usman negar luta com Durinho, Leon Edwards aproveita para desafiar brasileiro

Sem lutar há mais de um ano e na busca incessante por um adversário de peso, inglês tenta vaga para embate no UFC 256

L. Edwards (foto) desafia G. Durinho. Foto: Reprodução/Twitter @ufceurope

Sem lutar há mais de um ano e na busca incansável por um adversário que o coloque na linha de frente para uma disputa de cinturão, Leon Edwards atacou novamente. Após descobri que Kamaru Usman não defenderá o título dos meio-médios (até 77kg.) contra Gilbert Durinho em 12 de dezembro, pelo UFC 256, o inglês não perdeu tempo e tratou de desafiar o brasileiro para um confronto na mesma data.

Veja Também

Usman pede mais tempo para treinar e luta contra Durinho está fora do UFC 256, diz site
Amanda Ribas surpreende e revela vontade de se testar no boxe sem luvas: ‘Para calar meu pai’
Alex Cowboy faz desafio a Khamzat Chimaev: ‘Quero a luta que ninguém quer’

“A luta pelo cinturão de 12 de dezembro foi adiada. O UFC 256 precisa de uma luta principal. Gilbert Durinho, seu tronco de árvore, você não tem mais para onde correr. Vamos ver quem é o verdadeiro desafiante número um”, escreveu Edwards em sua conta no ‘Twitter’.

Leon, que não se apresenta desde julho de 2019, quando derrotou Rafael dos Anjos na decisão unânime dos juízes, segue sonhando com uma disputa de cinturão inédita em seu currículo. Atual número três no ranking da categoria, o inglês está invicto há oito lutas e é considerado um dos atletas mais perigosos da categoria.

Atualmente, Durinho, que é o favorito para um combate pelo título, é o 2º colocado no grupo. O atleta perdeu a 1ª posição depois da vitória imponente de Colby Covington sobre Tyron Woodley no último mês.

Também no ‘Twitter’, o brasileiro não deixou Leon sem resposta. Com ar confiante de que fez por merecer a condição de desafiante, o atleta rejeitou a proposta do inglês.

“Eu já sou o desafiante número um. Estou esperando por uma disputa de cinturão. Por que eu deveria lutar para ser o número um de novo?”, publicou o niteroiense.

Gilbert não se apresenta desde o triunfo imponente sobre Woodley, em maio. O brasileiro retornou aos meio-médios em maio do ano passado e, desde então, travou uma trajetória vitoriosa até o topo da categoria. Até o momento, são quatro vitórias consecutivas.

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments