Nocaute sobre Marlon Moraes rende a Cory Sandhagen o bônus de ‘Performance da Noite’

Depois de grande atuação contra brasileiro, norte-americano deixa a ‘Ilha da Luta’ com mais US$50 mil na conta; Tom Breese, Chris Daukaus e Joaquin Buckley também levaram prêmio por atuações

C. Sandhagen derrotou M. Moraes no UFC Ilha da Luta 5. Foto: Reprodução/Instagram

Noite dos ‘nocauteadores’. Sem o prêmio de ‘Melhor Combate’, a diretoria do Ultimate optou por premiar quatro atletas por suas atuações no UFC Ilha da Luta 5, realizado neste sábado (10), em Abu Dhabi. Cory Sandhagen, Tom Breese, Chris Daukaus e Joaquin Buckley levarão US$50 mil (cerca de R$276,5 mil) pelas vitórias imponentes sobre seus rivais. A informação foi divulgada à imprensa pela assessoria da companhia.

Veja Também

VÍDEO: Assista o nocaute sofrido por Marlon Moraes no UFC Ilha da Luta 5
Marlon Moraes começa bem, mas é surpreendido por chute rodado e perde por nocaute no UFC Ilha da Luta 5
Edson Barboza faz luta segura, domina Makwan Amirkhani e volta a vencer no Ultimate
‘Zé Colmeia’ e Bulldoguinho vão mal e perdem compromissos no UFC Ilha da Luta 5

Representante da luta principal, Cory Sandhagen não poderia estar mais satisfeito. Além de desbancar Marlon Moraes e se colocar em posição de destaque para uma futura disputa do título dos galos (até 61,2kg.), o norte-americano foi um dos escolhidos para levar a ‘bolada’. Na ocasião, Sandhagen surpreendeu o brasileiro com um nocaute devastador no segundo round.

Responsável por um dos nocautes mais marcantes da história do UFC, segundo o próprio presidente da empresa, Dana White, Joaquin Buckley não poderia ficar de fora da lista. O atleta chocou o mundo ao literalmente desmaiar seu rival, o promissor Impa Kasanganay, com uma espécie de chute rodado até então inédito na organização. Na ação, Joaquin bloqueou um chute do adversário, segurou suas pernas e, conectou um chute de rara felicidade, que explodiu no rosto de Kasanganay, que imediatamente caiu desacordado.

O nocaute de Tom Breese sobre KB Bhullar também não foi esquecido. No embate contra o canadense, Breese precisou de menos de dois minutos para sacramentar o resultado com uma sequência de socos. O nocaute ainda representou a primeira derrota na carreira de Bhullar.

Mais um algoz de um brasileiro saíra dos Emirados Árabes com motivos para sorrir. Adversário de Rodrigo ‘Zé Colmeia’, Chris Daukaus também levará os US$50 mil para casa. No embate contra o mineiro, o combatente conseguiu um nocaute devastador, precisando apenas de 45s para vencer. O revés marcou o primeiro resultado negativo na carreira de Rodrigo.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments