‘Zé Colmeia’ e Bulldoguinho vão mal e perdem compromissos no UFC Ilha da Luta 5

Peso pesado é nocauteado por Chris Daukaus e sofre o primeiro revés na carreira; mosca mostra raça, mas é superado por Tagir Ulanbekov nos pontos

C. Daukaus foi responsável pela primeira derrota na carreira de R. Zé Colmeia. Foto: Reprodção/Instagram

A noite não começou boa para os brasileiros no UFC Ilha da Luta 5, realizado neste sábado (10), em Abu Dhabi. Representantes do card preliminar, Rodrigo ‘Zé Colmeia’ e Bruno Bulldoguinho foram mal e acabaram perdendo em suas lutas contra Chris Daukaus e Tagir Ulanbeko, respectivamente.

Veja Também

Marlon Moraes começa bem, mas é surpreendido por chute rodado e perde por nocaute no UFC Ilha da Luta 5
Brian Ortega admite que precisa mudar seu estilo para ser campeão do UFC: ‘Tenho que ser inteligente’
Chael Sonnen sugere ‘luta da aposentadoria’ entre Donald Cerrone e Diego Sanchez

Representante dos pesados (até 120,2kg.), ‘Zé Colmeia’ fez valer a máxima de que, na categoria, um golpe singular pode encarrar um confronto definitivamente. O mineiro, que subiu ao octógono invicto, acabou conhecendo a derrota de forma dura.

Rodrigo não teve sequer tempo para colocar sua estratégia em prática. Chris precisou de menos de um minuto para dominar o mineiro e sacramentar o duelo com um nocaute devastador, após uma combinação de socos precisa. Agora, ‘Zé Colmeia’ tem um revés em nove lutas.

Bulldoguinho perde e se complica

B. Bulldoguinho foi derrotado por T. Ulanbekov no UFC Ilha da Luta 5. Foto: Reprodução/Facebook @ufc

Fazendo sua terceira luta com as luvas do Ultimate, Bruno Bulldoguinho tentou, mas não conseguiu superar o Tagir Ulanbekov. O peso mosca (até 56,7kg.) mostrou muita raça, no entanto, não conseguiu anular a diferença de envergadura, sendo vítima dos contra-ataques do oponente.

Ao fim de três rounds, o paulista acabou derrotado na decisão unânime dos juízes. Com o resultado, o Bruno acaba se complicando na organização, com três apresentações e nenhuma vitória.

Ulanbekov, que fazia sua estreia na companhia, debutou com o pé direito. O atleta, agora, emplacou a quarta vitória consecutiva.

Joaquin Buckley bate Impa Kasanganay com nocaute histórico

J. Buckley (dir.) derrotou I. Kasanganay (esq.) com um nocaute devastador. Foto: Reprodução/Facebook @ufc

Em combate entre os médios (até 83,9kg.), Joaquin Buclkey e Impa Kasanganay, o público se empolgou com um confronto agitado. No entanto, o que poucos imaginavam é que o duelo seria encerrado de forma histórica. No segundo assalto, Buckley fez valer a fama de nocauteador e emplacou um nocaute espetacular sobre Kasanganay, tirando a invencibilidade do rival.

No momento da ação, Joaquin aproveitou uma distração do oponente, que desferiu um chute, teve a perna segurada e foi surpreendido com um chute rodado direto no queixo, que o levou a nocaute imediato.

Com a vitória, Kevin se recupera do revés em seu último compromisso. Kasanganay perdeu a primeira, em duas apresentações pelo Ultimate.

Chikadze vence luta técnica e tira invencibilidade de Morales

G. Chikadze derrotou O. Morales no UFC Ilha da Luta 5. Foto: Reprodução/Instagram

Em uma das lutas mais aguardadas do card preliminar, Giga Chikadze não deu chances a Omar Morales e tirou a invencibilidade do venezuelano em confronto decidido nos pontos. Ao fim de três rounds, o georgiano foi declarado vencedor com uma atuação dominante.

O duelo entre Chikadze e Omar, disputado na categoria dos penas (até 65,7kg.), os dois buscavam manter o retrospecto recente dentro do UFC. Agora, Giga segue sem perder em quatro apresentações. O georgiano, hoje, soma 11 triunfos em 13 compromissos no MMA.

Com o revés, Moraels, além de sofrer o primeiro revés no Ultimate, deixou cair, também sua invencibilidade na carreira. Antes do UFC Ilha da Luta 5, o venezuelano tinha 10 vitórias consecutivas no esporte.

Resultados do UFC Ilha da Luta 5

CARD PRINCIPAL

Peso galo: Cory Sandhagen derrotou Marlon Moraes por nocaute técnico a 1m03s do R2

Peso pena: Edson Barboza derrotou Makwan Amirkhani na decisão unânime dos juízes (30-26, 30-27, 29-28)

Peso pesado: Marcyn Tibura derrotou Ben Rothwell na decisão unânime dos juízes (29-27, 29-27, 29-27)

Peso médio: Dricus du Plessis derrotou Markus Maluko por nocaute técnico a 3m22s do R1

Peso pesado: Tom Aspinall derrotou Alan Baudot por nocaute técnico a 1m35s do R1

Peso pena: Ilia Topuria derrotou Youssef Zalal na decisão unânime dos juízes (29-28 29-28, 29-28)

CARD PRELIMINAR

Peso médio: Tom Breese derrotou KB Bhullar por nocaute técnico a 1m43s do R1

Peso pesado: Chris Daukaus derrotou Rodrigo Zé Colmeia por nocaute a 45s do R1

Peso médio: Joaquin Buckley derrotou Impa Kasanganay por nocaute a 2m03s do R2

Peso galo: Tony Kelley derrotou Ali Al Qaisi na decisão unânime dos juízes  (30-27, 30, 27, 29-28)

Peso pena: Giga Chikadze derrotou Omar Morales na decisão unânime dos juízes (30-27,30-27, 30-27)

Peso galo: Tracy Cortez derrotou Stephanie Eggers na decisão unânime dos juízes (30-27, 30- 27, 30-27)

Peso mosca: Tagir Ulanbekov derrotou Bruno Bulldoguinho na decisão unânime dos juízes (30-27, 29-28, 29-28)

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments