Reserva imediato no UFC 254, Michael Chandler faz novo desafio a Tony Ferguson: ‘Já recusou uma vez’

Ícone do Bellator deseja enfrentar o ex-campeão interino do peso leve no mesmo evento que Khabib Nurmagomedov lutará contra Justin Gaethje

M. Chandler (esq.) faz novo desafio a T. Ferguson (dir.). Foto: Reprodução/Instagram

Mal chegou ao UFC e Michael Chandler já quer mostrar serviço. O ex-campeão do peso leve do Bellator (70,3kg) é o reserva imediato da luta que vale o cinturão da categoria entre Khabib Nurmagomedov e Justin Gaethje, válida pelo UFC 254, porém não deseja ficar de stand-by. O plano de ‘Iron’ é simples: enfrentar Tony Ferguson no evento do dia 24 de outubro.

Em entrevista ao site norte-americano MMA Junkie, Chandler, que já tinha revelado que Ferguson e Dustin Poirier recusaram enfrentá-lo, voltou a se mostrar interessado no primeiro e o desafiou, porque acredita que uma vitória sobre ele o tornará o próximo a lutar pelo cinturão.

Veja Também

Adesanya estranha desafio de Weidman, mas crava como seria o resultado: ‘Acaba no primeiro round’
Depois de bater Marlon Moraes, Sandhagen pede TJ Dillashaw ou Frankie Edgar para próximo desafio
Marlon Moraes não se abala após derrota para Sandhagen e promete: ‘Dezembro estou de volta’

“Ferguson e Poirier recusaram me enfrentar. Como já estou no UFC 254, cortando o peso, aceitaria enfrentar Ferguson. Ele é o único lutador que me interessa no momento. Já falei isso e não preciso mencionar outros nomes. Como Poirier e McGregor concordaram em lutar, só resta Ferguson. Foi por isso que fui ao Twitter dizer que ele recusou me enfrentar no maior evento do ano. Todos estarão assistindo e teremos destaque. Se eu derroto Ferguson, lutarei pelo cinturão em seguida”, disse Chandler.

Chandler também explicou como foram as tratativas na hora de negociar com o UFC.

“Quando o UFC me ofereceu o contrato, sabia que eu havia lutado em agosto e queria que eu lutasse em outubro. Aceitei na hora! As opções eram Poirier e Ferguson e o UFC tinha noção que eles estavam criando problemas para lutar. Foi por isso que aceitei ser o reserva imediato da luta pelo cinturão. Ou seja, aceitei todas as condições do UFC. Quando se entra na organização, você tem que aparecer e mostrar seu valor, sua disposição. Mesmo sendo um atleta popular, engoli meu orgulho e aceitei ser o reserva imediato. Sou uma espécie de seguro para a disputa de cinturão acontecer”, finalizou.

Aos 34 anos, Michael Chandler encerrou uma bonita história de dez anos no Bellator para realizar o sonho de ser campeão do peso leve do UFC. Vale lembrar que esse sempre foi um dos grandes desejos dos fãs, já que o lutador sempre foi um dos mais populares fora da organização de Dana White.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments