Adesanya estranha desafio de Weidman, mas crava como seria o resultado: ‘Acaba no primeiro round’

Atual campeão dos médios afirma conhecer as qualidades do carrasco de Anderson Silva, mas diz que norte-americano precisa voltar à boa fase para realizar luta

I. Adesanya (foto) analisa como seria luta contra C. Weidman. Foto: Reprodução/Instagram

No topo do mundo na categoria dos médios (até 83,9kg.), Israel Adesaya será o principal alvo dos concorrentes enquanto ostentar o cinturão. O nigeriano, no entanto, estranhou um desafio feito pelo ex-campeão do grupo, Chris Weidman, que não vive uma boa fase na carreira, mas, ainda assim, avaliou um possível confronto contra o norte-americano.

Veja Também

VÍDEO: Lutador aplica o ‘nocaute mais bonito da história’ no UFC Ilha da Luta 5
Marlon Moraes não se abala após derrota para Sandhagen e promete: ‘Dezembro estou de volta’
Mesmo derrotado no UFC Ilha da Luta 5, Amirkhani agradece Edson Barboza pela luta

“Foi um pouco estranho para mim, mas eu já entendi o jogo dele. Já sei como fazer para vencer. Deixem ele trazer o ‘double leg’ (buscar as duas pernas do rival para derrubar), o ‘single leg’ (buscar uma perna do rival para derrubar), deixem ele tentar me pressionar nas grades. Ele não vai trocar socos comigo. Uma coisa boa para ele é que ele nocauteou Anderson Silva. Na pesagem, ele olhou para Anderson e disse: ‘não tenho medo de você’. Lembro disso”, disse Adesanya, em entrevista ao ‘MMA Junkie’.

Embora entenda que Weidman está relativamente distante de uma disputa de cinturão, já que vem de cinco derrotas nas últimas sete lutas, Adesanya não descarta um eventual embate. Para o atual campeão, Chris tem capacidade de reverter seu retrospecto recente e se colocar na condição de desafiante. O resultado, no entanto, segundo Israel, não seria positivo para o norte-americano.

“Eu disse para ele que ‘estou ansioso para te enfrentar um dia’. Eu achei que ele ficaria no topo por um tempo, mas, infelizmente, ele não tem ido bem atualmente. Não quer dizer que ele não possa voltar. Olhe o Jan Blachowicz, ele voltou e agora é o campeão. Só estou dizendo que estudei esses caras. Weidman já está acabado. A luta vai acabar no primeiro round, se acontecer. Mas você tem que vencer algumas lutas antes, irmão”, finalizou.

Enquanto Chris tenta se reencontrar na carreira, Adesanya não poderia estar em um momento melhor. O nigeriano recentemente venceu aquele que seria o maior desafio na carreira, ao menos no papel. Em setembro, o nigeriano desbancou Paulo Borrachinha com facilidade e defendeu seu título pela segunda vez.

Agora, Israel projeta seu próximo compromisso. Ainda não se sabe se o combatente irá se testar entre os meio-pesados (até 93kg.) ou seguir entre os médios por mais um tempo.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments