Lutadores dão palpites para confronto entre Anderson Silva e Uriah Hall, neste sábado

Jéssica Andrade, Thominhas Almeida, Vitor Miranda, William Patolino e Glaico França analisam encontro entre brasileiro e norte-americano no UFC Las Vegas 12; duelo pode selar despedida de 'Spider' do Ultimate

A notícia de que Anderson Silva pode, de fato, se despedir do Ultimate neste sábado (31), no confronto contra Uriah Hall, no UFC Las Vegas 12, mexe com o emocional de diversos fãs de MMA, inclusive os lutadores. Cientes de que o espetáculo deste final de semana entrará para a história do esporte, alguns atletas, em entrevista exclusiva ao canal no YouTube do SUPER LUTAS, deram seus palpites sobre o resultado do duelo.

Veja Também

Podcast SUPER LUTAS #015 analisa a aposentadoria de Khabib no UFC 254 e a despedida de Anderson Silva do UFC
Primeiro atleta a vencer Anderson Silva, Luis Azeredo relembra conquista pessoal contra lenda
Lutadores destacam qualidades de Anderson Silva e divergem quanto a sua aposentadoria do MMA
Anderson Silva revela revanche que gostaria de ter feito dentro do UFC
Treinador de Khabib analisa carreira de Anderson Silva e cita características marcantes

Jéssica Bate-Estaca, atleta do UFC: “É um duelo de gigantes. Acho que todo mundo esperou muito tempo por essa luta, ver o Anderson voltar de novo. É claro que ele tinha lutado com o (Israel) Adesanya (2018) e foi uma luta muito boa. O Adesanya muito respeitoso. É um verdadeiro campeão.

(Sobre) o Anderson, todo mundo quer ver ele voltar com a vitória. Torço muito por ele. Ele é um cara que, como a envergadura dele é muito grande, ele sabe trabalhar muito bem isso. Eu vi que ele perdeu um pouco da confiança dele na questão de chutes, acredito que pela questão de ele ter quebrado a canela (2013). (…) Claro que a idade pesa um pouco, mas quando você é o rei, você nunca deixa de ser o rei. O adversário dele (Uriah Hall) é um cara muito forte, que entra na trocação, então, acho que o nível que o Anderson tem que usar é esse o da envergadura dele, de não deixar se aproximar, se movimentar, bater e usar os pontos. Acredito que quem vence é o Anderson. Acho que vai ser a luta do século, que a galera está esperando. Se for a última luta do Anderson, vai fechar com chave de ouro”, cravou a ex-campeã peso palha da organização.

Thominhas Almeida, atleta do UFC: “Luta dura. Acredito que o Uriah Hall está em uma fase melhor na carreira. Torço para o Anderson sempre, mas tendo que ser um pouco sem emoções, acho que o Hall está em uma fase melhor, mas estou torcendo pelo Anderson. Racionalmente, pelo Uriah Hall, mas torcendo para o Anderson”, explicou o peso galo.

Vitor Miranda, atleta do Taura MMA: “Vai dar ‘Spider’ Silva. Está encerrando a carreira, mas ainda vai nos dar alegria e vai vencer essa luta bonito, por pontos, sabe por quê? Porque o ‘bicho’ é uma lenda e lutar com lenda é sempre um peso, uma pressão. Uriah Hall acho que não vai aguentar essa pressão, vai respeitar demais”, disse Vitor.

William Patolino, atleta do Taura MMA: “Vejo como uma luta muito dura para os dois lados. Porém, eu acho que Anderson vai vencer essa luta. Se eu tivesse que apostar meu dinheiro, apostaria no Anderson, por quê? Provavelmente é a última luta da carreira do Anderson, então, acho que o Anderson está trabalhando muito, assim como o Uriah Hall está trabalhando muito, porém, acho que o Anderson vai vir com algo a mais. Como é a última luta da carreira dele (não confirmado), acho que vai vir para poder tirar onda, embrulhar o Uriah Hall e se aposentar por cima, com todo o gabarito, todo o ‘nohall’ (experiência e conhecimento). Tem o fator idade. Anderson Silva é bem mais velho, porém o Anderson estava ‘voando’ contra o Adesanya. Ele vai levar essa vitória para casa, porque tem um algo a mais”, disse Patolino.

Glaico França, atleta do Taura MMA: “É uma luta dura para os dois lados. O Anderson é bem mais experiente. (…) Acredito que o Anderson vai nocautear no terceiro round e vai ser uma grande luta, muita trocação, com certeza”, analisou França.

Embora ‘Spider’ não confirme que esta é sua última luta na carreira, a lenda de 45 anos pode, de fato, estar se despedindo do UFC. O presidente da empresa, Dana White, tem promovido o confronto como o adeus de um dos maiores atletas da história da companhia.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments