Pensando na trilogia com Amanda Nunes, Valentina Shevchenko discorda do placar entre elas: ‘Venci a segunda luta’

Apesar de ter perdido as duas lutas, campeã do peso mosca gostaria de enfrentar a número um dos galos e penas pela terceira vez e mostra confiança

V. Shevchenko gostaria de enfrentar A. Nunes pela terceira vez. Foto: Reprodução/Facebook Valentina Shevchenko

A dominância de Amanda Nunes e Valentina Shevchenko é tamanha em suas respectivas categorias, que muitos apontam que a dupla só seria surpreendida caso se enfrentassem. Apesar do histórico de combate estar 2×0 para a brasileira, a comunidade do MMA ficou em dúvida quanto ao resultado da segunda luta, realizada em 2017, e ele incomoda a campeã do peso mosca (56,7kg) até hoje.

Em entrevista ao site norte-americano MMA Junkie, Valentina expressou o desejo de encontrar Amanda pela terceira vez no octógono, afirmou que venceu o segundo e polêmico confronto e explicou que um detalhe pode ter influenciado os juízes na hora da decisão.

Veja Também

Depois de ‘passeio’ no Bellator 249, Cris Cyborg cobra Dana White por revanche contra Amanda Nunes
Holly Holm comemora grande atuação no UFC Ilha da Luta 4 e não tem pressa para lutar pelo cinturão dos galos
Jéssica Andrade revela plano de jogo para destronar Valentina Shevchenko e elege as melhores lutadoras da história

“A trilogia seria algo lógico. Ela tem passado pelas adversárias com muita facilidade e, no futuro, podemos lutar de novo. Eu venci a segunda luta! Essa luta será campeã contra campeã e os juízes terão uma visão diferente. Quando nos enfrentamos, isso fez a diferença para Amanda. A única vantagem que ela teve foi o peso. Amanda caiu por cima de mim e isso pesou na decisão dos juízes. A trilogia é justa”, disse Valentina

Apesar do desejo de diminuir o prejuízo, ‘Bullet’ garantiu que seu foco é defender o cinturão dos moscas e revelou que não gostaria de lutar sem a presença do público.

“Sinceramente, não sei quando podemos lutar. Estou focada nos moscas e em ser dominante. É isso que vejo para o meu futuro. Se a trilogia acontecer, definitivamente, gostaria de ter os fãs ao meu redor, o público presente e não lutar em uma arena vazia”, finalizou.

Vale lembrar que as únicas derrotas de Valentina Shevchenko, no UFC, foram justamente para Amanda Nunes., campeã do peso galo (61,2kg) e pena (65,8kg). Antes da nova superluta se tornar realidade, a número um dos moscas vai colocar seu cinturão em jogo diante de Jennifer Maia, no UFC 255, que será realizado no dia 21 de novembro.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments