Raoni Barcelos se diz honrado com comparações a José Aldo, mas afirma: 'Totalmente diferentes' | SUPER LUTAS

Raoni Barcelos se diz honrado com comparações a José Aldo, mas afirma: ‘Totalmente diferentes’

Promessa dos galos revela que fãs, às vezes, o confundem com ex-campeão dos penas e explica as distinções entre ambos

Sob os olhares dos fãs brasileiros após uma grande apresentação no UFC Las Vegas 13, Raoni Barcelos está em alta no MMA. Depois de dominar e vencer Khalid Taha no último final de semana, o público pôde conhecer mais sobre o carioca que deve assombrar a divisão dos galos (até 61,2kg.) nos próximos anos. Por seu estilo imponente, o lutador acabou sendo comparado a José Aldo e, em entrevista exclusiva ao canal no YouTube do SUPER LUTAS, o combatente se disse honrado, mas apontou as diferenças com o ex-campeão dos penas (até 65,7kg.).

Veja Também

“Tem muita gente que me confunde na rua pela fisionomia. Eu acho que não tem nada a ver, mas confundem. Não tem problema nenhum. É uma honra ser comparado ao José Aldo”, disse Raoni.

Apesar das confusões de alguns fãs sobre a fisionomia, Barcelos também analisou os estilos entre os dois brasileiros. Segundo o carioca, tratando o compatriota com muito respeito, sua forma de lutar não se assemelha à do ex-campeão dos penas, que, hoje, também atua nos galos. Raoni, então, deu seu ponto de vista.

“O estilo dele é totalmente diferente do meu. (…) Eu me sinto honrado. Se a galera está achando que eu tenho o estilo parecido… o cara tem uma carreira linda no MMA. Foi campeão durante anos, defendeu seu título durante anos. Sou fã dele. A gente é amigo. Se precisar, a gente vai estar junto, mas, eu sou o Raoni e ele é o José Aldo. Estou tentando fazer minha carreira agora, mostrar um pouco do que eu sei e acho que cada um tem seu estilo”, afirmou.

Após sua apresentação de gala no último final de semana, Barcelos confirmou a boa fase e defendeu sua invencibilidade com as luvas do UFC. Agora, o carioca tem cinco resultados consecutivos e não sabe o que é perder na organização.

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments