Novato no peso pesado, Jon Jones cita motivação curiosa para teste na nova divisão: 'Diferente de tudo' | SUPER LUTAS

Novato no peso pesado, Jon Jones cita motivação curiosa para teste na nova divisão: ‘Diferente de tudo’

Lenda do MMA, norte-americano tem dedicado os últimos meses para sua estreia em uma das categorias mais perigosas do esporte

J. Jones se prepara para a aguardada estreia nos pesados em 2021. Foto: Reprodução/InstagramFoto: Reprodução/Instagram

Sem lutar há quase um ano, Jon Jones tem dedicado os últimos meses à sua preparação para a aguardada estreia no peso pesado (até 120,2kg.). Melhor atleta da história na divisão até 93kg., o norte-americano está mais motivado do que nunca para um dos maiores desafios de sua carreira vitoriosa. Em entrevista à ‘ESPN’, o lutador revelou um motivo curioso, que o faz treinar cada vez mais forte para encarar seus adversários no próximo ano.

Veja Também

“A divisão dos meio-pesados foi divertida, mas eu não estava mais com medo daqueles caras. Nenhum deles. Acho que foi mostrado em algumas das minhas performances. Obviamente, eu ainda treino duro, mas não houve perigo nas minhas últimas lutas”, afirmou ‘Bones’.

Fora de sua categoria desde agosto, quando abriu mão do cinturão e oficializou sua migração para o grupo de atletas até 120,2kg., Jon, então, afirmou o que espera do teste. O lutador surpreendeu ao falar que o ‘medo’ foi um fator importante para aceitar o desafio.

“Eu respeito os caras que eu vou subir para enfrentar. Eles são intimidadores pra car***. Isso me faz encarar as coisas de uma maneira totalmente diferente”, contou.

Quando tornou pública a decisão de mudar de categoria, Jones recebeu a garantia de que sua estreia seria pelo cinturão da divisão. As palavras saíram da boca do presidente do UFC, Dana White, que reforçou a ideia se apoiando no fato de ‘Bones’ ter sido dominante no meio-pesado por uma década.

Mesmo assim, Jones ainda tem dúvidas sobre como gostaria de promover sua estreia na divisão. A oportunidade de debutar lutando pelo título salta aos olhos, mas o atleta também analisa a possibilidade de se testar contra um dos representantes do top-10.

“Eu penso e mudo de ideia. Às vezes eu acho que eu deveria enfrentar um top-10, e apenas molhar meus pés, entender como é. Em outros momentos, eu penso: ‘que se fo**. Vamos ser grandes ou voltar para casa’. Quero fazer as lutas do dinheiro. Gosto de tomar conta de todos ao meu redor”, finalizou.

Embora esteja motivado e visivelmente bem fisicamente, ainda não há previsão sobre quando acontecerá a aguardada estreia de Jon na categoria liderada por Stipe Miocic. A expectativa é que o atual campeão dos pesados enfrente Francis Ngannou no início de 2021.

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments