Derrotado por Michel Pereira em dezembro, rival critica decisão dos juízes: 'Ele mais dançou' | SUPER LUTAS

Derrotado por Michel Pereira em dezembro, rival critica decisão dos juízes: ‘Ele mais dançou’

Após sofrer a primeira derrota com as luvas do UFC, Khaos Williams analisa confronto do último dia 19 e afirma ter vencido o duelo

M. Pereira (dir.) derrotou K. Williams por pontos no UFC Las Vegas 17. Foto: Reprodução/Instagram

Derrotado por Michel Pereira no espetáculo que encerrou a temporada 2020 do Ultimate, Khaos Williams  ainda encontra dificuldades para digerir o revés por pontos no UFC Las Vegas 17, realizado no último dia 19. Em entrevista ao ‘MMA Fighting’, o atleta, que sofreu o primeiro resultado negativo com as luvas da organização, analisou o confronto e criticou a decisão dos juízes.

Veja Também

“Eu venci porque eu que trouxe a agressão. Não fui tão agressivo como normalmente eu sou, porque eu estava me encontrando e ele se movia bastante. Isto é uma luta e todo mundo tem a chance de ser golpeado num combate, mas eu controlei o centro do cage e venci todas as trocas de golpes. Cada vez que ele me acertava uma vez, eu provavelmente o acertava três vezes”, afirmou o atleta.

Durante a semana do embate com Michel, Khaos já havia afirmado que seria difícil prever o desenrolar da disputa, já que o brasileiro tem um estilo ímpar de conduzir seus duelos. Avaliando a maneira com que o ‘Paraense Voador’ se apresentou na disputa, o norte-americano, então, entendeu que foi mais contundente que Pereira que, segundo ele, apenas ‘dançou’.

“Você pode ser o agressor e vencer a luta por 4m30s do round, mas, para os jurados, eles estão olhando apenas os últimos 30 segundos. Eu penso o seguinte: todo mundo tem direito a dar sua opinião, se você perguntar a 100 pessoas, 70% dirão que venci. Os outros 20 ou 30%, estão do lado do dele, porque são fãs. Se você já esteve lá e é um lutador, você sabe que eu venci a luta. Você não pode vencer uma luta daquela forma, ele mais dançou do que me machucou”, finalizou.

O confronto contra Khaos marcou o maior desafio da carreira de Michel no UFC até o momento. Depois da vitória, o paraense confirmou a boa fase e chegou ao seu segundo triunfo consecutivo, e terceiro com as luvas do Ultimate, em cinco compromissos.

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments