Volkanovski revela ter estratégia traçada para vencer Brian Ortega e provoca: 'Vou quebrá-lo' | SUPER LUTAS

Volkanovski revela ter estratégia traçada para vencer Brian Ortega e provoca: ‘Vou quebrá-lo’

Australiano diz que pretende repetir feito de seu ex-rival, Max Holloway, para neutralizar jogo do norte-americano

A.Volkanovski revela ter estratégia traçada para vencer B.Ortega: ‘Vou quebrá-lo’ Foto: Reprodução/Instagram @alexvolkanovski

Campeão peso pena (até 65,8 kg) do Ultimate, Alexander Volkanovski aposta em seu característico jogo de pressão para vencer Brian Ortega. Segundo ele, o norte-americano encontra dificuldades para executar seu jogo quando é pressionado, à exemplo da luta contra Max Holloway, em dezembro de 2018. Na ocasião, Ortega perdeu por nocaute técnico no quarto round.

Veja Também

Em entrevista ao jornal South China Morning Post, Volkanovski revelou o que espera do combate, que deve acontecer em fevereiro de 2021.

“Eu acredito que vou quebrá-lo do jeito que Max (Holloway) fez. Eu acredito que é um lugar onde posso conseguir executar meu estilo de pressão. É uma luta divertida para mim porque acredito que posso tocá-lo. As pessoas querem ver isso. Eu não me importo o quanto ele está se preparando, pois ainda serei capaz de entrar em sua cabeça, em seu rosto, e esmagá-lo”, revela o campeão.

Apesar de apontar que passará com tranquilidade contra Brian Ortega, o australiano também fez questão de elogiar seu adversário.

“Ele é (um lutador) perigoso, não me interpretem mal. Já nocauteou muitos caras, então obviamente estarei atento. Mas existem níveis para isso e eu acredito que minha pressão está em um nível totalmente diferente que muitas pessoas neste mundo sentiram”, concluiu.

Aos 32 anos, Alexandre Volkanovski tem retrospecto de 22 vitórias e somente uma derrota no MMA. Atualmente, ele vive uma sequência de 19 triunfos seguidos. Em julho de 2020, o australiano defendeu o cinturão peso pena contra Max Holloway, no UFC 251, na decisão dividida dos juízes.

Brian Ortega, de 29 anos, conta com cartel de 15 resultados positivos e um negativo. Em seu último duelo, ele bateu o sul-coreano Chan Sung Jung no UFC Ilha da Luta 6, que aconteceu em outubro de 2020, na decisão unânime dos juízes.

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments