Leon Edwards revela ter pedido substitutos para Chimaev, mas não foi atendido | SUPER LUTAS

Leon Edwards revela ter pedido substitutos para Chimaev, mas não foi atendido

Sem lutar há mais de um ano, inglês insistiu em atuar no card de 20 de janeiro, após o rival deixar a luta por testar positivo para Covid-19

L. Edwards (foto) não luta desde julho de 2019. Foto: Reprodução/Instagram

Sem subir no octógono há mais de um ano, Leon Edwards terá de esperar um pouco mais para calçar as luvas do UFC em uma luta oficial. Sem adversário para 20 de janeiro, depois que Khamzat Chimaev deixou o card depois de testar positivo para Covid-19, o inglês lamentou não ter sido emparelhado com outro adversário. Em sua conta no Instagram, Edwards revelou ter sugerido dois nomes, mas não foi atendido pela organização.

Veja Também

“Eu me ofereci para enfrentar Neil (Magny) ou (Michael) Chiesa na luta principal de 20 de janeiro, e Chimaev logo na sequência. O UFC foi contra isso”, escreveu o meio-médio, em resposta ao repórter da ‘ESPN’, Ariel Helwani.

A suposta negativa do Ultimate demonstra a insistência de que seu novo pupilo, Khamzat, enfrente, o mais breve possível, Leon, que, hoje, é o terceiro no ranking do grupo. Com o novo cancelamento, esta é a segunda vez que o confronto entre o inglês e o sueco deixa um espetáculo da organização. Os dois deveriam ter se enfrentado em dezembro, mas, na ocasião, Edwards acabou diagnosticado com o novo coronavírus.

Com Leon e Chimaev fora, o evento do próximo dia 20, agora, será encabeçado pelos próprios Neil Magny e Michael Chiesa. O espetáculo está confirmado para acontecer em Abu Dhabi, na famosa ‘Ilha da Luta’.

 

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments